Gabriela Souza

Gabriela Martins Souza – CARBOIDRATOS: Afinal Vilão ou Mocinho 

Não impota o ano, as modinhas, os carboidratos sempre circulam como grandes vilões alimentares. Recentemente associado a manchetes terroristas como fonte de cânceres e doenças incuráveis, maléficas. Calma, não é bem assim!

Os carboidratos são moléculas orgânicas abundantemente disponíveis e acessíveis, também é uma das principais fontes de energia para adequado funcionamento das funções do corpo.

O grande problema que envolve os carboidratos é justamente a quantidade e a qualidade. Como são grandes moléculas com alto teor energético tendem a nos deixar mais “lentos” no seu processo de digestão. Nosso corpo precisa concentrar energia na quebra/transformação dessas moléculas. Aquele soninho depois de um bom prato de massa, é o seu corpo focando na transformação do carboidrato.

A tendência do corpo é que se reduza o metabolismo de outras atividades e se concentre na quebra das moléculas para produção de mais energia. E por que a quantidade seria o problema? A produção de energia é constante após a ingestão alimentar mas nem sempre o consumo é proporcional. Então quand

o usamos instantemente essa energia, precisamos principalmente dela em glicose e quando já utilizamos o suficiente ela é convertida em glicogênio uma variação para que fique estocada nos tecidos para quando for necessária.

É necessário ingerir carboidrato, não é ele que te faz engordar, é a forma que você consome e a variação do mesmo. Não é fazer um festival de amarelos no prato em uma única refeição (macarrão, bata

ta, pão, mandioca, milho) é variar estes alimentos associados com outros e de boa procedência, sem muitos conservantes, ou aditivos, mais naturais.

[pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”left”]As dietas low carb, paleo elas não demonização o consumo do carboidrato, elas priorizam uma menor ingestão mas uma ingestão acertada de alimentos e o mais naturais possíveis. Quanto menos embalagens melhor. Procure seu nutricionista, converse com seu preparador físico para uma dieta sob: medida consumo e demanda.

O carboidrato não é o vilão, nosso padrão de consumo tem mais culpa que a molécula.

 

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend