Meio Ambiente, Minas Gerais

Bombeiros fazem evacuação preventiva em Macacos por risco de rompimento de barragem

Rádio Itatiaia

O Corpo de Bombeiros informou na noite deste sábado (16/02) que é feita uma evacuação preventiva em uma área próxima à barragem Mina Mar Azul, que pertence a Vale, no distrito de São Sebastião das Águas Claras, mais conhecido como Macacos, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com informações dos bombeiros, a barragem B3/B4 (Mina Mar Azul) corre risco de rompimento. A estrutura tem aproximadamente 3 milhões de m³ de rejeito com estrutura à montante, mesmo modelo de Brumadinho e Mariana. Conforme a Vale, a barragem está inativa.

Por segurança, aproximadamente 200 pessoas serão retiradas das casas e levadas para a Associação Comunitária de Macacos (Rua Dona Maria da Glória, 711), onde receberão informações adicionais. Moradores que residem na área de emergência devem se dirigir ao ponto de encontro munidos de documentos pessoais e comprovante de residência, onde serão cadastrados, receberão as orientações e serão alocados em hotéis da região pela Vale.

Segundo a mineradora, serão evacuadas 49 edificações, entre domicílios e estruturas de uso comercial na região de Macacos, que estão no Plano de Emergência. Atualmente, a barragem está no nível 1, mas será modificada para nível 2, seguindo o protocolo uma vez que a auditoria não atestou a segurança. 

Todas as 49 edificações que estão na área de risco serão evacuadas e conferidas uma a uma por equipes dos bombeiros e da Defesa Civil. Além das equipes no local, os bombeiros já estão com equipes de sobreaviso acionadas e planos de contingência prontos caso seja necessário. Segundo os bombeiros, uma auditoria se negou a atestar a segurança da barragem, motivo pelo qual está ocorrendo a evacuação preventiva.

Os bombeiros informam ainda que os moradores que não estão na área do Plano de Emergência não precisam abandonar suas residências.

A sirene foi tocada por três vezes, seguindo o previsto no Plano de Emergência, pelo fato da elevação ao nível 2, o que não quer dizer que a barragem rompeu. O acionamento da sirene ocorre devido à elevação ao nível 2 de risco.

O trabalho está sendo conduzido pela Vale com apoio da Defesa Civil e demais órgãos competentes. O Corpo de Bombeiros informou que já está com equipes no local. A Vale informou que dará toda a assistência e apoio necessários até que a situação seja normalizada.

Aguarde mais informações

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend