Estradas, Minas Gerais

Grave acidente entre micro-ônibus e carro deixa mortos e feridos em Janaúba

Uma criança de seis anos e um homem, de 36, morreram com o impacto; outras três pessoas que estavam no mesmo carro ficaram gravemente feridas

O Tempo | Foto: Corpo de Bombeiros

Duas pessoas morreram – um homem de 36 anos e uma criança de seis – e outras três ficaram gravemente feridas em uma batida frontal entre um Fiat Palio e um micro-ônibus na manhã desta sexta-feira (13), na rodovia MGC-122, na zona rural de Janaúba, na região Norte de Minas.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), as cinco vítimas estavam no carro, que tem placa de Santo André, em São Paulo. O homem de 36 anos foi identificado como Elivelton Pereira de Souza e a criança como Rafael dos Santos Souza. Segundo o Corpo de Bombeiros, os dois morreram com o impacto. Os três feridos, que não tiveram os nomes divulgados, foram encaminhados para o Hospital Regional de Janaúba.

batida03
batida02
batida01

O micro-ônibus, que é da prefeitura de Verdelândia, transportava 23 pacientes da cidade que fariam nesta manhã tratamentos médicos diversos em Montes Claros, também no Norte de Minas.

Segundo a Secretaria de Saúde de Verdelândia, também estavam no veículo um motorista e uma técnica em enfermagem. Ninguém no micro-ônibus ficou ferido.

Ainda conforme a secretaria, os ocupantes do micro-ônibus, que seguia no sentido Montes Claros da rodovia, disseram que o carro invadiu a pista contrária. O motorista do micro-ônibus teria tentado desviar e frear, mas os dois veículos bateram de frente perto do posto de combustíveis Catitu, na altura do KM 202. O acidente aconteceu às 5h57.

A pista ficou interditada por aproximadamente duas horas nos dois sentidos. Verdelândia fica a 175 km de Montes Claros. O tempo de viagem de uma cidade a outra é de cerca de duas horas e meia.

Segundo a Secretaria de Saúde de Verdelândia, os pacientes do município fazem essa viagem regularmente para Montes Claros. A pasta não informou qual o tratamento específico de cada paciente, nem se eles conseguiram ser atendidos depois do acidente.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend