Aprovação de empréstimo de R$ 300 mil para compra de caminhão-pipa depende de simulação de crédito

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 72 Visualizações

Vereador André Viana Madeira (Podemos)

Os vereadores decidiram votar na próxima reunião, que acontece na terça-feira (9), o projeto de lei 30/2018 “que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito com o Banco do Brasil S.A e dá outras providências”. O valor do empréstimo é de R$ 300 mil e será utilizado para a compra de um caminhão-pipa.

No entanto, a votação do projeto está condicionada ao envio de uma simulação de crédito com o banco, para comprovar o valor do caminhão e dar mais segurança aos vereadores na hora da aprovação.

Durante a reunião de comissões da última quinta-feira (4), os vereadores concordaram com a importância do projeto, manifestaram seus votos favoráveis, mas cobraram da prefeitura a comprovação do valor por meio da simulação.

A princípio o presidente da Comissão de Legislação e Justiça da Câmara, André Viana Madeira (Podemos) pretendia não liberar o projeto para a pauta da reunião, mas após solicitação feita pelo vereador Ronaldo Meireles de Sena “Capoeira” (PV), de que a matéria poderia ser encaminhada para a pauta enquanto o Governo providencia o documento, ele abriu mão de sua decisão.

Ao tomar conhecimento da liberação do projeto para pauta com esta condicionante, o vereador Weverton Andrade “Vetão” (PSB) cobrou do líder do governo na Câmara, vereador Carlos Henrique da Silva Filho “Carlin” (Podemos) mais celeridade.

“Não adianta mandar a simulação de crédito na terça-feira para que a gente aprove o projeto, tente mandar com alguns dias de antecedência”, cobrou o vereador.

Em sua justificativa, ao pedir os vereadores autorização para abertura do empréstimo, Ronaldo Magalhães explicou qual será a utilização do equipamento. “A aquisição de caminhão-pipa, para completar a patrulha mecanizada para manutenção e melhoria de estradas rurais e vias urbanas em Itabira”, disse ele no documento.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *