AJUDA A HOSPITAL – HNSD recebe 5 cadeiras de rodas da CDL Itabira

 482 Visualizações

O provedor do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) Vaquimar José Vaz, recebeu das mãos do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Itabira, Maurício Henrique Martins, cinco cadeiras de rodas na noite desta quarta-feira (31).

A doação fez parte da Campanha Show de Natal 2017, realizada pela instituição no final do ano passado. Além do HNSD, o asilo Lar de Ozanam, representado por sua presidente Maria da Penha Batista Reis, também recebeu cinco cadeiras de rodas.

O provedor agradeceu a direção da CDL Itabira e o Rotary, parceiro da instituição e disse que os equipamentos são “muito bem vindos”.
De acordo com ele, as cadeiras de roda poderão auxiliar todos os setores do hospital.

“Quero agradecer a direção da CDL e do Rotary pela doação das cadeiras de rodas, ficamos muito lisonjeados por termos sidos lembrados e quero dizer que estes equipamentos serão muito bem utilizados por nossa instituição. Lidamos com pessoas enfermas e cadeiras de rodas são sempre muito úteis em todas as áreas do hospital”, disse o provedor. 

Maurício Henrique Martins também destacou a doação como uma “importante contribuição para a saúde itabirana”.

“Nesta edição resolvemos auxiliar as pessoas que necessitam do nosso carinho e da nossa atenção e por isso resolvemos fazer estas doações. Ficamos muito felizes de fazer essa campanha social o que mostra que a CDL não visa só o faturamento. A CDL gera emprego, gera renda, faz a cidade crescer, mas nos preocupamos com o social”, disse o presidente da CDL.

LEIA MAIS

Comentários 1

  1. Moisés Damião de Souza says:

    A intenção foi boa mas esse tipo de cadeira de rodas está ultrapassado, é desconfortável pra quem usa e ruim para quem ajuda. São mais baratas, mas é o tal do barato que sai caro. O custo beneficio é sofrível.
    Estou à disposição para ajudar como voluntário nas próximas campanhas dando sugetões para escolher um equipamento melhor que atenda com mais qualidade aos pacientes.
    Sou cadeirante há muitos anos.
    Moisés!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.