Pelo menos nove pessoas já morreram nas estradas que cortam Itabira e região

 237 Visualizações

Em João Monlevade um acidente matou três pessoas – Foto: Whatsapp/reprodução

A saída para o feriado de Finados, lembrado nesta quinta-feira (02/11), mostra mais uma vez a situação precária da BR-381, principal rodovia que corta a região de Itabira e o Médio Piracicaba. Um balanço feito pelo Via Comercial revela que desde a tarde de ontem (31/10), cerca de sete (7), pessoas já morreram na rodovia, de pista simples, e que está em obras inacabáveis de duplicação. 

A situação se agrava ainda mais, uma vez que a imprudência e as chuvas colaboram para as tragédias. Nesta terça-feira (31), uma criança morreu depois que o carro em que ela viajava colidiu na lateral de um caminhão e capotou várias vezes, no KM-420 da BR-381, região da cidade de Bom Jesus do Amparo, a cerca de 55km de Itabira.

* Relembre 

ESTRADAS – Acidente na BR-381 em Bom Jesus do Amparo mata uma criança

ESTRADAS – Tragédia no contorno rodoviário da BR-381 no Vale do Aço

Nesta quarta-feira (01/11), por volta das 8h, cinco pessoas morreram numa colisão na mesma rodovia, na região das cidades de Timóteo e Coronel Fabriciano, Vale do Rio Doce. Depois de bater um caminhão, um veículo oficial, com a logomarca do Governo de Minas Gerais em uma das portas, pegou fogo e todos os ocupantes morreram carbonizados. O veículo vinha da cidade de Central de Minas para Belo Horizonte quando se envolveu no acidente. 

Já por volta das 16h mais um acidente na Rodovia da Morte, como ficou conhecida a BR-381, por causa dos acidentes e estragos causados aos usuários, matou outras três pessoas. Um Celta colidiu contra um caminhão no KM-362, altura de João Monlevade, a 36km de Itabira. 

Praticamente no mesmo horário uma colisão envolvendo um Fiat Uno e outra carreta deixou três pessoas feridas, sem gravidades. 

OPERAÇÃO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira (01) a Operação Finados 2017. Até às 23h59 do próximo domingo (05), o órgão reforçará o policiamento nas rodovias federais de todo o Brasil.

Entre as ações planejadas para o feriado, está a concentração da fiscalização em locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes, de acordo com estatísticas da PRF. Durante os cinco dias de operação há um aumento relevante do fluxo de veículos nas rodovias federais, fator que eleva a violência no trânsito.

Para reduzir o número de acidentes, a PRF contará com 2.083 viaturas, 700 motocicletas, 1.691 aparelhos de etilômetro – também conhecido como bafômetro –, além de 210 radares portáteis. A PRF realizará ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, às ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas ou ciclomotores.

O planejamento da Polícia Rodoviária Federal faz parte de esforços de vários organismos nacionais e internacionais para a redução da violência no trânsito. Durante os cinco dias do último feriado, em 12 de outubro, a PRF flagrou 5.667 ultrapassagens irregulares nas rodovias federais. Mesmo com campanhas educativas e reforço nas fiscalizações, a PRF também contabilizou 1.225 acidentes em todo o Brasil no último feriado.

Ainda no feriado de 12 de outubro, o número de motoristas flagrados sem cinto de segurança foi de 3.117, enquanto outros 877 motoristas foram flagrados dirigindo após ingerir bebida alcoólica.

Educação para o trânsito

Como nas últimas operações, a PRF promoverá ações educativas que buscam sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. Em alguns postos, condutores serão convidados a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas.

Os motoristas têm a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos. Viaje com segurança O planejamento é fundamental para uma viagem mais segura e tranquila. A PRF alerta que esse planejamento deve levar em consideração a duração da viagem, a hora prevista de chegada ao destino e pontos de parada para alimentação, descanso e abastecimento.

A falta de planejamento pode resultar no excesso de velocidade, quando o condutor quer chegar ao destino mais rápido, consequentemente, aumenta os riscos de acidentes. Aproximadamente 40% dos mortos registrados no feriado da Semana Santa ocorreram no último dia da operação, data de retorno.

Dicas de trânsito

A PRF recomenda aos motoristas algumas condutas para que façam uma viagem mais segura: Faça uma revisão atenta no veículo antes de viajar: verifique principalmente pneus (inclusive o estepe), palhetas dos limpadores de para-brisa e itens de iluminação e sinalização; Planeje a viagem: lembre-se de programar paradas em locais adequados para abastecimento, alimentação e descanso; Mantenha a atenção na rodovia: respeite a sinalização e os limites de velocidade, eles existem para proteger a sua vida; Mantenha sempre os faróis ligados para que seu veículo fique mais visível aos demais condutores; Não ligue o pisca alerta com o veículo em movimento: isso pode confundir os outros motoristas e causar um acidente; Aumente a distância do veículo à frente e diminua a velocidade. 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.