Polícia Civil deflagra Operação “Anatólia” e desmantela organização criminosa que atuava na área da Vale em Itabira

 1,401 Visualizações

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Regional de Itabira, iniciou, em novembro de 2021, a Operação “Anatólia”, com o objetivo de apurar organização criminosa (ORCRIM) responsável por crimes de furtos e roubos qualificados de cabos e outros materiais metálicos e não metálicos na área da empresa Vale S/A, neste município de Itabira. Ao longo desse período, já foram apreendidos cerca de 200 quilos do material que foram subtraídos pelos investigados.

Foto: Divulgação/ PCMG

Somente no ano de 2021, a atuação desta Organização Criminosa gerou um prejuízo financeiro para a empresa vítima de aproximadamente R$ 50.000.000 (cinqüenta milhões de reais).

Foto: Divulgação/PCMG

Dentre os investigados, destacam-se quatro grupos organizados entre si, com clara divisão de tarefas, que atuam de forma estável e perene: indivíduos que furtam, indivíduos que roubam utilizando armas de fogo, receptadores e empregados das prestadoras de serviço terceirizados pela própria Vale S/A que fornecem informações privilegiadas.

O nome da operação nos remete ao local onde, segundo registros históricos, foi encontrado pela primeira vez o bronze e o cobre, objetos da presente investigação: “A Anatólia, localizada na parte da Ásia atualmente pertencente à Turquia, foi o berço de muitas civilizações no decorrer da história. Embora não tão avançados como as civilizações do Egito ou Mesopotâmia, os hititas, que falavam uma língua caracterizada por prefixos, eram todavia uma das mais avançadas sociedades de seu tempo (3000-2 000 a.C.). Os objetos em exibição no Museu de Civilizações Anatólias de Ancara constituem a melhor coleção da Idade do Bronze no mundo depois do tesouro de Ur no Museu Britânico. A coleção de Ancara, datada entre 2000-1 900 a.C., procede dos túmulos de Alacahoyuk, Horoztepe e Mahmatlar, e inclui artefatos em ouro, prata, zinco, bronze e cerâmica”.

Foto: Divulgação/PCMG

Serão cumpridos, no dia 08/06/2022, 18 (dezoito) mandados de prisão e 28 (vinte e oito) mandados de busca e apreensão, com a participação de 80 (oitenta) Policiais Civis lotados nas Delegacias Regionais pertencentes ao 120 Departamento de Polícia Civil, além do apoio aerotático da instituição.

Fonte: ACOM-PCMG

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.