Secretaria de Saúde pede afastamento de médico do Pronto-Socorro

 1,832 Visualizações

Pedido foi feito junto ao Hospital Nossa Senhora das Dores, que administra o PS, neste domingo (24/04).

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) solicitou ao Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) que afaste, preventivamente, o médico acusado de omissão de atendimento no Pronto-Socorro Municipal. O pedido foi feito neste domingo (24/04) à instituição que administra o PS. 

A acusação foi registrada na madrugada do sábado (23/04), quando o solicitante acionou a Polícia Militar, alegando que houve omissão de atendimento ao filho de um ano. O médico chegou a ser encaminhado a um posto policial, onde disse que foi intimidado pelo pai da criança, o que a família nega. 

Em comunicado neste sábado, o HNSD, enquanto administrador do Pronto-Socorro, informou que instaurou rigorosa apuração sobre o caso. Ao mesmo tempo, também vão caminhar os protocolos formais da Polícia Militar. Tendo em vista esses dois procedimentos, a Secretaria Municipal de Saúde avalia ser prudente o imediato afastamento enquanto durarem as investigações. O próprio profissional já foi comunicado da decisão. 

A Secretaria Municipal de Saúde reafirma seu compromisso de construir em Itabira uma saúde pública assertiva e resolutiva, em todas suas camadas, mas, especialmente, no atendimento primário e de urgência e emergência. Isso inclui, obviamente, melhorias nos protocolos de atendimento e frequente qualificação de todos os profissionais envolvidos.

A Secretaria também reitera sua consideração com todos os profissionais da saúde e deseja que os mesmos trabalhem em um ambiente de respeito mútuo com todos os usuários do sistema.

Foto: reprodução

NOTA DO PRONTO-SOCORRO

A respeito do incidente registrado na madrugada deste sábado (23/04), no Pronto-Socorro Municipal, envolvendo um médico, o Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), que administra a unidade de saúde, ressalta que acompanha a situação para tomar as medidas cabíveis.

Desde o registro do fato, ainda na madrugada, representantes do HNSD e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atuaram para tranquilizar a família reclamante e garantir o atendimento da criança levada ao Pronto-Socorro.

O HNSD seguirá acompanhando o desenrolar dos fatos, com rigorosa apuração junto aos envolvidos, para adotar as ações necessárias.

 

LEIA MAIS

Comentários 1

  1. Serjao says:

    ITABIRA TOMA VERGONHA NA CARA, E CADE O HOSPITAL DA UNIMED Q NUNCA FICA PRONTO, E NA CONTA DE QUEM ESTA O DINHEIRO PARA A REFORMA DO ANTIGO HNSD PERTO DA IGREJA ROSÁRIO? APOSTO Q É FILHO DE ADVOGADO , PORQUE POBRE NÃO FAZ ISSO. OS 2 ERRARAM,. IMAGINA AINDA É CAPAZ DE SOBRAR P ALGUM TEC DE ENFERMAGEM P VIRAR JESUS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.