Água em Itabira: Vale garante à Prefeitura índice pactuado e plano para período de seca

 474 Visualizações

Representantes da mineradora se reuniram com o prefeito Marco Antônio Lage nesta segunda-feira e apresentaram medidas a serem adotadas

Representantes da mineradora Vale – entre eles o gerente-executivo de Itabira, Daniel Daher – se reuniram com o prefeito Marco Antônio Lage na manhã desta segunda-feira (21/03) para tratar do abastecimento de água no município. A empresa garantiu que volta a entregar, nesta semana, os 160 litros por segundo pactuados em um acordo com o Ministério Público e apresentou um plano para que não falte o recurso durante o período de estiagem, no segundo semestre.

A reunião foi marcada após o encontro da última semana, na sede do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), quando o prefeito cobrou uma solução rápida para o problema do abastecimento em Itabira. O principal obstáculo tem sido o fornecimento da ETA Rio de Peixe, operada pela Vale, o que impacta diretamente na distribuição para os bairros Fênix, Santa Marta, Santa Ruth, Ribeira de Cima, Conceição, Abóboras, Belvedere e Bálsamos.

Os representantes da Vale explicaram que conseguiram consertar uma adutora que havia se rompido e recuperar um poço que foi submerso devido às fortes chuvas deste início de ano. Com isso, a empresa conseguirá entregar os 160 l/s, via anel hidráulico, que foram acordados com a Prefeitura de Itabira e o Ministério Público.

“O tema da água é um tema que me incomoda muito. Embora seja um problema que se arrasta há anos, nós não podemos aceitar que isso continue acontecendo em Itabira. Nós temos a solução do problema, que é o Rio Tanque, mas é algo que ainda vai demorar um pouco. Então, temos que encontrar soluções imediatas. Na semana passada eu fiz essa cobrança a todos os envolvidos e é importante que tenha havido essa resposta”, comenta o prefeito Marco Antônio Lage.

Além do prefeito, participaram da reunião a diretora-presidente do Saae, Karina Lobo, e os diretores da autarquia, Júlio Saldanha e Maria Edduarda Fonseca; o secretário municipal de Obras, Danilo Alvarenga; e o assessor de Projetos e Captação de Recursos, Maciel Paiva.

Período de estiagem

Os representantes da Vale também apresentaram à Prefeitura de Itabira um planejamento para evitar que falte água na cidade no período de estiagem, como foi no segundo semestre do ano passado. A intenção é colocar outros dois poços em operação e construir uma rede de 7 quilômetros que interligaria a Chacrinha à ETA Rio de Peixe.

Esse sistema tem previsão para ficar pronto em setembro, mas o prefeito Marco Antônio Lage pediu à equipe da mineradora que antecipe o prazo, tendo em vista que as previsões meteorológicas apontam o início da estiagem já em agosto.

“Precisamos ter esse plano executado no período mais curto possível, para que não tenhamos que tomar medidas como a do ano passado, quando tivemos que decretar o racionamento. O mais importante é que isso já está sendo pensado e trabalhado desde já, com o apoio da Vale, o que nos dará mais condições de sermos assertivos no período mais seco”, completou o prefeito de Itabira.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.