Agricultura abre inscrições para Programa de Desenvolvimento da Pecuária Bovina em Itabira

 496 Visualizações

O programa irá atender 60 produtores gratuitamente, oferecendo assessoria técnica com foco em melhoramento da alimentação do rebanho (nutrição), gestão da propriedade e aprimoramento genético

Estão abertas as inscrições para o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Pecuária Bovina de Itabira. A iniciativa é da Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento e da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O programa irá atender 60 produtores gratuitamente, oferecendo assessoria técnica com foco em melhoramento da alimentação do rebanho (nutrição), gestão da propriedade e aprimoramento genético.

Com duração de um ano, o programa é fruto de um convênio firmado com a UFMG e conta com a colaboração dos professores, graduandos e pós-graduandos da instituição. As inscrições estão abertas até o dia 18 de fevereiro e os interessados devem procurar a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, no telefone 3839 2260 e 3839 2432, ou as administrações distritais.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Mauro Lúcio Ferreira, o programa é um desejo da pasta desde o início da gestão, uma vez que foi identificado uma defasagem no desenvolvimento da pecuária bovina com assessoria técnica especializada. “O nosso objetivo é andar junto com o produtor dando orientações sobre alimentação dos rebanhos, controle reprodutivo e genético dos animais, apoio a gestão da propriedade, além de fortalecer o diálogo com os integrantes do setor e realmente ouvir suas demandas”, afirmou o secretário.

Mauro Lúcio completa que o ganho é enorme para o produtor rural ao ingressar no programa, já que toda a dinâmica da assessoria técnica vai ser oferecida de forma gratuita, além de contribuir para o aumento da produtividade na propriedade, tanto para o gado de corte quando para o de leite, dois grandes potenciais do município.

Seguindo as diretrizes do programa, os inscritos passarão por uma seleção e aprovação de uma comissão técnica organizadora. Além disso, aqueles que não forem contemplados poderão fazer o cadastro para vagas remanescentes. De acordo com o professor associado do Departamento de Zootecnia da Escola de Veterinária da UFMG, Matheus Anchieta Ramirez, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Pecuária Bovina de Itabira-MG incentiva a proposta “Itabira + carne e leite”, importante investimento na pecuária. “Essa estratégia além de se configurar em apoio ao desenvolvimento de uma atividade econômica é também o reconhecimento de seu valor cultural, uma vez que a produção de bovinos marca nossas comunidades mineiras desde sua origem”, ressalta o Matheus Anchieta Ramirez.

De maneira inovadora, o programa apoia de forma integral os sistemas de produção, desde a valorização das famílias que vivem no meio rural e fazem a produção de alimentos artesanais, passando pelo sucesso e permanência dos jovens no campo, à integração aos mercados da produção, com resultados positivos para o abastecimento do mercado local de alimentos e para a geração de renda na pecuária bovina.

Fonte: ACOM-PMI

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.