Campeões pelo Galo, Cuca e Hulk viram cidadãos honorários de Belo Horizonte

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 402 Visualizações

O técnico Cuca e o atacante Hulk, campeões do Brasileirão pelo Atlético, foram homenageados nesta segunda-feira com a honraria de cidadãos honorários de Belo Horizonte. Ambos receberam a condecoração em cerimônia no auditório Elias Kalil, na Sede de Lourdes. 

A indicação de Cuca e Hulk para a homenagem foi feita pelo vereador Marcos Crispim (PSC) e aprovada no último dia 29 pela Câmara Municipal de Belo Horizonte. A condecoração é dada às pessoas que prestaram serviço de relevância para a cidade. O diretor de futebol atleticano, Rodrigo Caetano, também foi homenageado com o título. 

Hulk levou para a cerimônia a esposa Camila, que está grávida, e o pai Gilvan. “Agradecer ao vereador Crispim pela indicação e homenagem, é muito gratificante pra mim. Sempre falei desde que cheguei ao Atlético que Deus me abençoou muito, não só profissionalmente, mas na questão familiar também. Minha família me ajuda demais, sempre me joga pra cima. Às vezes, a gente chego triste, mas recebo aquele abraço verdadeiro, aquele amor verdadeiro. Minha mãe não está aqui, está na Paraíba, mas daqui a pouco está aqui também”, disse o atacante alvinegro. 

“Ser campeão Brasileiro com um clube como o Atlético é muito especial pra mim. Sempre falei que seria o título mais importante da minha carreira. Já ganhei 20 títulos, mas o Brasileiro pra mim foi o mais importante pela história do clube, por eu voltar a jogar no meu país após mais de 16 anos. E, logo no meu primeiro ano, fazer história neste clube maravilhoso, agradeço a todos pelo carinho e pelo respeito. É recíproco esse carinho e esse respeito, vai ser eterno”, completou. 

Cuca também levou a família. Estiveram presentes a mãe do treinador, Dona Nilde, a neta e a esposa. 

“Dou valor a tudo o que eu ganho. Esse é o quinto título que a gente ganha junto com vocês aqui. Me sinto uma pessoa realizada, agradeço a Nossa Senhora e Jesus por ter me capacitado e ser campeão Brasileiro com vocês, não tem coisa mais gostosa do que isso no mundo. É a realização de uma carreira, realização de um sonho que eu vivo. Larguei minha mãe na UTI entubada por 70 dias, vim pra cá na raça e ontem ela estava comigo dentro de campo comemorando. Sou o cara mais feliz do mundo”, afirmou. 

Outros ídolos do Galo já receberam o título de cidadão honorário de BH, como Ronaldinho Gaúcho, em 2012, e o ex-goleiro Victor, em 2015. 

Fonte: Rádio Itatiaia

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *