Prefeito Marco Antônio reforça importância de duplicação de rodovias durante visita de Romeu Zema à Itabira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 649 Visualizações

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, cumpriu agenda em Itabira na manhã desta sexta-feira (3/11), quando anunciou investimentos estaduais para o campus local da Universidade Federal de Itajubá (Unifei). A visita foi acompanhada de perto pelo prefeito Marco Antônio Lage, o vice Marco Antônio Gomes, deputado estadual Bernardo Mucida, secretários municipais e vereadores.

Zema fez o anúncio oficial de mais R$ 15 milhões para a Unifei Itabira. O valor soma-se a outro investimento confirmado anteriormente, totalizando R$ 23,6 milhões que serão destinados ao novo Centro de Empreendedorismo da Unifei (CEU) e construção do Centro de Educação (Ceduc -Itabira). Os dois projetos incentivam a cultura empreendedora na universidade federal. 

Em discurso durante o evento na Unifei, Marco Antônio Lage cobrou que haja mais participação do Estado e da União em Itabira, em contrapartida a toda arrecadação que sai do município por causa da mineração. O prefeito citou que o último investimento expressivo feito pelo Governo Mineiro na cidade foi há quase 20 anos, com o asfaltamento da MG-120, que interliga Itabira e Nova Era. Nessa esteira, Marco Antônio reafirmou a importância de um novo investimento em infraestrutura para a região, dessa vez a duplicação das rodovias MG-434 e MG-129. 

“Itabira sente muita falta da presença do Estado e da União na nossa terra, com investimentos e sensibilidade para acompanhar todo o processo de reconversão produtiva do nosso território minerado há tantos anos. Esse investimento para a Unifei vem de forma estratégica e importantíssima, como outros que estamos fazendo: como o novo distrito industrial e a transposição do Rio Tanque. Mas nada disso será atrativo se não tivermos um modal moderno, seguro e que nos aproxime dos grandes centros”, destacou o prefeito. 

De acordo com Marco Antônio, não só o município, mas toda região sentirá o impacto positivo da duplicação. “São cidades  impactadas pela economia  e serviços de Itabira, que temem o esvaziamento da cidade e o empobrecimento pós-minério. Por isso, contar com o estado para investimentos é conseguir planejar um futuro para toda a região depois de tanto tempo”, completou. 

Sobre as rodovias, em novembro deste ano Prefeitura e o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) firmaram o convênio para a elaboração do projeto executivo de duplicação. A estimativa é de que o documento seja licitado e construído ao longo do próximo ano e que as obras estejam aptas a terem início no primeiro trimestre de 2023. “Queremos ajuda dos municípios impactados, da Vale e do Estado para tornar possível este investimento”, disse o prefeito. 

Mais projetos para Itabira 

Após a agenda na Unifei, convidado pelo prefeito Marco Antônio Lage, o governador de Minas Gerais caminhou pelo Centro Histórico de Itabira. Acompanharam a visita o secretário municipal de Obras, Transporte e Trânsito, José Maciel Paiva, e o deputado estadual Bernardo Mucida.

Durante a caminhada, os representantes do município conversaram com Zema a respeito das obras de cabeamento subterrâneo no local. “A Prefeitura de Itabira vem mantendo contatos com o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA) e a Cemig para aprofundar as tratativas a respeito das obras de cabeamento subterrâneo no Centro Histórico da cidade, bem como na requalificação urbanística da rua Tiradentes e adjacências”, afirmou o secretário. O projeto faz parte do Plano de Metas do Governo Municipal.  

No atual estágio, a Cemig já estimou a parte referente ao cabeamento subterrâneo que iria desde a rodoviária do município até a rua Santana, também atendendo a algumas ruas adjacentes a esse percurso. “A Prefeitura vem trabalhando junto ao IEPHA para que recursos de compensações sócio-ambientais em licenciamentos no estado de MG, que são alocados a este Instituto, possam ser parcialmente empregados no projeto de Itabira. Tal diretriz já havia sido dada pelo governador Zema. A Prefeitura não medirá esforços para que esse projeto tenha sua execução o mais cedo possível”, completou Maciel Paiva. 

Conhecer de perto

Durante a passagem por Itabira, Romeu Zema afirmou que é necessária a presença do governador no interior do estado, onde 80% da população mora, trabalha e vive. “As visitas são muito importantes para escutar dos prefeitos quais são as necessidades”, comentou. 

Já o reitor da Unifei, Edson da Costa Bortoni, disse que o investimento do estado vai ajudar a universidade, que tem mais de 100 anos, a continuar cumprindo seu papel, focado em tecnologia e inovação. “Esse Centro de Empreendedorismo vai capacitar empresas da região para desenvolver protótipos e produtos, além de capacitar os nossos estudantes. É disso que nós precisamos”, destacou o reitor. 

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *