Semana Drummondiana e Flitabira celebram os 119 anos de Drummond

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 164 Visualizações

Outubro é o mês da poesia em Itabira. E para comemorar os 119 anos do nascimento de um dos mais importantes escritores brasileiros, o poeta itabirano Carlos Drummond de Andrade, a Prefeitura de Itabira, Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) e parceiros preparam uma intensa programação. Estarão em ação a 20ª Semana Drummondiana e a primeira edição do Festival Literário Internacional de Itabira (Flitabira).

A 20ª Semana Drummondiana tem foco na literatura. Intitulado “Itabira Poética”, o evento tem a proposta de estimular a produção literária local, auxiliando na promoção e difusão da democratização cultural. O Dia D de comemoração do aniversário de Drummond é no próximo domingo, 31 de outubro, mas a programação especial já movimenta Itabira desde o início desta semana.

“Na 20ª edição da Semana Drummondiana procuramos destacar atividades culturais descentralizadas, levando poesia, arte e cultura, por meio de uma Kombi, onde atores itabiranos farão intervenções nos bares, portas de escolas, órgãos públicos e de empresas da nossa cidade. A intenção é proporcionar aos itabiranos vivenciar a cidade da poesia, a cidade do poeta Carlos Drummond de Andrade”, destaca o superintendente da FCCDA, Marcos Alcântara.

Veja as atrações da 20ª Semana Drummondiana desta terça-feira (26)

A jardineira poética passará por diversos pontos da cidade levando literatura e poesia para os viajantes, iniciando pela Avenida João Pinheiro e finalizando na Praça do Centenário.

Já a “Poesia Itinerante” será levada a diferentes bairros, através de uma Kombi que irá circular apresentando cenas interpretativas de Drummond, mesclando música, poesia e artes cênicas. Para finalizar a programação desta terça-feira, o Coletivo Viravoltear apresenta performance artística inspirada nas poesias dos Caminhos Drummondianos, na intervenção “Entrevias Poéticas”, que acontecerá no Largo do Batistinha, às 19 h. 

Promovido tradicionalmente em Itabira durante os meses de outubro, a Semana Drummondiana é dedicada à literatura com atividades como: espetáculos cênicos, apresentações musicais, oficinas, intervenções poéticas, exposições, lançamento de livros, debates, palestras, mesas redondas, saraus poéticos, biblioteca itinerante e concursos literários.

A programação completa pode ser conferida no seguinte link: https://cutt.ly/qRxEBzK 

FlItabira começa no dia 27 e vai até o dia 31 de outubro

Além da Semana Drummondiana, nesta quarta-feira (27) acontece a abertura oficial da primeira edição do Festival Literário Internacional de Itabira (Flitabira), a partir das 17h, na Praça do Centenário. O primeiro dia terá atividades presenciais e online, que incluem cortejo, concerto de sinos, recital de poemas e apresentação de grupo de dança.

A programação presencial é gratuita e aberta ao público, sendo obrigatório a apresentação do cartão de vacinação do Covid-19 para acesso ao evento, que tem estrutura montada na Praça do Centenário. Crianças não vacinadas podem comparecer, seguindo o protocolo de uso de máscara. Não é necessária a retirada de ingressos para o festival.

Essa é a primeira edição do Flitabira, que segue até o dia 31 de outubro, domingo, em formato digital e presencial, alternados e simultâneos. São mais de 100 convidados na programação que inclui debates, palestras, leituras, exposição, dança, teatro, música e gastronomia. O tema que vai nortear o evento é “A Pedra e o Sino”, numa alusão ao poema considerado o mais importante do Século XX, representando importantes simbologias nos diversos contextos políticos e sociais.

Confira programação de abertura (27/10, quarta-feira)

17h – O Congado Cortejo Marujadas abre o Flitabira em passeio saindo da Igreja do Rosário dos Homens Pretos em direção à Praça do Centenário, com previsão de chegada às 18h, quando será liberado o acesso ao espaço literário-gastronômico ali instalado;

18h –  Danilo Miranda (Sesc SP) e Luiz Eduardo Osorio (Instituto Cultural Vale) conversam sobre “Cultura Pós-Pandemia”. Afonso Borges fará a mediação, em transmissão ao vivo, gerada da Casa de Drummond e transmitida nas redes do Festival e no telão montado no evento;

19h – Em edição inédita, Mia Couto conversa com Afonso Borges sobre o seu mais recente livro, “O Mapeador de Ausências”, onde fala de sua terra natal, Beira, em Moçambique, comparando com Itabira. Digital, com acesso pelas redes do Festival;

20h – Da Catedral Nossa Senhora do Rosário, onde está o Sino Elias, o Mestre Sineiro Thiago Neves vem de Ouro Preto, exclusivamente para um concerto de sinos;

20h10 – Do Palco Principal, montando no evento, Cerimônia de Abertura,  com as presenças do Prefeito Municipal, Marco Antônio Lage, da Gerente Executiva de Investimento Social e Cultural da Vale, Flavia Constant  e do Coordenador Geral do Festival, Afonso Borges;

20h30 – Do Palco Principal,  montado no evento, Antonio Carlos de Almeida Castro (Kakay) fala poemas de Drummond e Mia Couto, presencialmente;

21h – Do Palco Principal, montando no evento, o  Grupo de Dança Primeiro Ato apresenta o espetáculo “Sem Lugar”, baseado na obra de Carlos Drummond de Andrade, presencialmente;

Enquanto acontecem as atividades presenciais, nas redes do @flitabira rodam uma homenagem à Mia Couto, com a reprise de diversos debates mediados por Afonso Borges.

Digital Flitabira: Redes do @Flitabira – Youtube, Facebook e Instagram.

Programação completa no flitabira.com.br

Fonte: ACOM-FCCDA

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *