Alívio: Uberaba receberá na noite deste sábado (10/4) remédios a intubados

 322 Visualizações

Com o estoque de medicamentos para intubação quase no fim, a Prefeitura de Uberaba pediu ajuda ao governo do estado, que enviará, ainda neste sábado (10/4) 1.300 ampolas do bloqueador neuromuscular Rocurônio. O medicamento é utilizado na intubação de pacientes internados com a COVID-19. 

No início da tarde deste sábado, Zema confirmou, por meio das redes sociais, que o estado receberá uma remessa de medicamentos para intubação do Ministério da Saúde.  
 
A notícia traz alívio também para Uberaba, já que na noite desta sexta-feira (9/4), a direção do Hospital Regional José Alencar anunciou que buscava soluções rápidas com o governo do estado e com fornecedores para a aquisição dos medicamentos.

Segundo o diretor administrativo do HR, Frederico Ramos, havia sido necessário conseguir medicamentos emprestados com alguns parceiros, cuja quantidade atenderia a demanda interna até o final do dia deste sábado (10/4). 

 
Felizmente, a alarmante situação foi contornada e a expectativa é que o carregamento chegue à cidade já na noite deste sábado, evitando o desabastecimento total do Hospital Regional José de Alencar. Uma van cedida pela Universidade de Uberaba (Uniube) já está a caminho de Belo Horizonte para buscar o carregamento.
 
Segundo o diretor do HR, Frederico Ramos, a quantidade suprirá a demanda, por pelo menos quatro dias, dos 23 pacientes intubados nas UTIs do hospital. 
“Hoje, a unidade está trabalhando com medicamentos emprestados por parceiros. Sem esse novo repasse adquirido, o estoque seria suficiente para atender até este domingo (11)”, contou.
 
De acordo com a Prefeitura de Uberaba, por meio de sua assessoria de imprensa, a informação repassada pelos fornecedores e pelo governo de Minas é de que não há medicamentos disponíveis no mercado para a compra. 
 
“A distribuição do ‘kit intubação’ é feita pelo Ministério da Saúde aos estados, que, por sua vez, se responsabilizam pelo repasse aos municípios. Porém, esse envio não estava sendo feito, conforme disse, esta semana, o governador Romeu Zema durante uma live”.
 
Desde o início da pandemia em Uberaba foram contabilizados 20.572 casos positivos, sendo que destes 586 pessoas morreram e 16.929 se recuperaram. 
 
A rede pública de Uberaba disponibiliza, atualmente, 142 leitos de enfermaria/COVID, sendo que, segundo o último boletim epidemiológico, 116 estão ocupados. Já na rede privada, de 63 disponíveis, 33 estão ocupados.
 
 Já com relação à ocupação de leitos UTI/COVID, a situação em Uberaba é mais preocupante. Na rede privada, neste momento, de 43 leitos disponíveis, 38 estão ocupados; e na rede pública, de 60 disponíveis, 53 estão ocupados.
 
Fonte: Estados De Minas

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.