INABILITADO – Motorista mata mulher e bebê de 6 meses Sete Lagoas

 261 Visualizações

Fonte: Estados De Minas

A Polícia Militar (PM) está à procura de quatro ocupantes de um carro envolvido em um trágico acidente na noite desta quinta-feira (18/02) em Sete Lagoas, na Região Central de Minas. O motorista de 18 anos, que é inabilitado, atropelou uma mulher de 41 anos e um bebê de apenas 5 meses cuidado por ela. Ambos morreram. Revoltada, a população incendiou a casa do suspeito e agrediu o dono do veículo, de 27 anos, que também estava no local e foi preso. Na confusão, o carro ainda foi alvo de tiros. 
 
Motorista Inabilitado atropela e mata mulher e bebê 6 meses
O caso ocorreu na Rua K, no Bairro Dona Sílvia, por volta das 20h30. O bebê, um menino, tinha aproximadamente seis meses e estava com a babá e a irmã dela na porta de uma casa. A mãe da criança estava trabalhando.
 
Segundo testemunhas, um Gol prata entrou em alta velocidade pela Rua P, tentou fazer a conversão na Rua K mas, descontrolado, subiu na calçada e atingiu as vítimas. 
A mulher foi parar debaixo do carro, e foi retirada por vizinhos. Após a colisão, as cinco pessoas que estavam no carro saíram correndo. Desesperados, moradores levaram o bebê ao Hospital Belo Vale, onde ele morreu. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para atender a mulher, mas ela também faleceu. 
 
Diante da comoção da vizinhança, policiais militares que estavam no local precisaram chamar reforços. Segundo a PM, o rapaz que estava na direção foi reconhecido pelos moradores e um grupo incendiou a casa dele. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas a casa já havia sido tomada pelo fogo. Quase todos os móveis foram queimados. Ao saber da morte do filho, a mãe passou mal e precisou ser hospitalizada.
A informação é da testemunha que a socorreu.
 
A PM recebeu informações de que uma das pessoas que estava no carro se escondeu em um matagal. Chegando ao local apontado, eles o localizaram. Era o proprietário do Gol, que havia entregado o carro ao colega mesmo sabendo que ele não tinha carteira de motorista. 
 
De acordo com a Polícia Militar, ele disse que estava no banco do carona, enquanto outras três pessoas, entre elas duas mulheres, seguiam no banco de trás. Eles haviam passado por um supermercado e estavam a caminho da casa do motorista. Ao passar por uma esquina, o condutor inabilitado perdeu o controle da direção. 
 
Ainda conforme a PM, o rapaz detido disse que tentou socorrer as vítimas, mas os vizinhos foram para cima dele com ferramentas e outros objetos para agredi-lo. Ele tinha ferimentos pelo corpo e foi levado ao Hospital Municipal de Sete Lagoas.
 
Até o encerramento da ocorrência, nem o motorista e os demais passageiros haviam sido localizados. Familiares do condutor também não apareceram. Tanto o local do acidente quanto a casa incendiada foram periciados pela Polícia Civil. Havia perfurações no veículo e uma cápsula de munição calibre 380 foi recolhida perto dele. 
 
O dono do carro foi detido por crime de trânsito (entregar o veículo para pessoa inabilitada) e foi levado à Delegacia de Plantão de Sete Lagoas. 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.