JOÃO MONLEVADE – Causas do acidente com o ônibus de turismo na BR-381 ainda são desconhecidas

 333 Visualizações

As causas do acidente com um ônibus de turismo que caiu de uma altura de 35 metros da chamada Ponte Torta, na BR-381, entre João Monlevade e Nova Era, na região Central de Minas, na tarde da última sexta-feira (4), ainda são desconhecidas.

O ônibus de turismo ficou totalmente destruído após a queda – Foto: Bombeiros/divulgação

Ainda não se sabe também se o coletivo estava em alta velocidade no momento da queda, e se outro veículo se envolveu no acidente, que deixou 19 mortos e 25 feridos, entre eles, um garoto de 15 anos. As informações foram repassadas pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em coletiva de imprensa realizada, na tarde deste sábado (5), em Belo Horizonte.

Conforme a perita criminal Daniella Rodrigues Caldas Leite, todos os elementos, como medições e fotografias, foram coletados do local do acidente para análise. Um equipamento do coletivo também foi recolhido para que os peritos analisem se houve alguma falha mecânica no ônibus que possa ter causado o acidente.

“A ponte possui um declive de 4 graus em sua subida. Até agora, o que podemos afirmar é que, quando transitava na altura do KM 350 da via, o ônibus iniciou um movimento de marcha ré e, depois, ele precipitou, devido à inclinação da pista, descendo sem controle, e saindo pela lateral esquerda da ponte. Com isso, o primeiro impacto ocorreu a 26 metros da ponte. Depois, o veículo fez um movimento de giro longitudinal até colidir a sua parte frontal a 34,5 metros da ponte”, esclareceu a perita criminal.

Ainda de acordo com Daniella, não é possível precisar quando o laudo com a causa do acidente será finalizado, já que outros exames e perícias complementares podem ser necessários posteriormente. 

Entenda

Antes de o ônibus de turismo cair da ponte de 35 metros, algumas pessoas conseguiram pular do veículo em movimento, na tentativa desesperada de salvar as suas vidas. Infelizmente, mesmo assim, 18 morreram e 26 ficaram feridas, entre elas, um garoto de 15 anos.

Até o momento, oito vítimas do acidente, que estavam dentro do coletivo, já foram ouvidas pelos investigadores da Polícia Civil.

O motorista do ônibus que fugiu da cena do acidente segue desaparecido. Já outro motorista do coletivo faleceu na queda. Os políciais também investigam se havia um terceiro motorista no veículo.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.