ALERTA – Minas Gerais registra mais 4.635 casos e 66 mortes em 24 horas

 265 Visualizações

Por O Tempo

O Estado de Minas Gerais aproxima-se a cada hora da marca de 430 mil mineiros diagnosticados com o novo coronavírus de março para cá. É o que revela o balanço epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) que registrou a existência de mais 4.635 casos de Covid-19 apenas entre quarta-feira (2) e esta manhã de quinta-feira (3) – trata-se do segundo maior número de casos registrados no período de 24 horas desde o início da pandemia, a única data em que confirmou-se maior número de novos infectados foi 26 de junho, quando mais de 6.000 diagnósticos entraram para o balanço.

O boletim também indica que, contado o mesmo espaço de tempo de quarta-feira para cá, foram registradas 66 mortes ligadas à Covid-19, uma média superior a duas mortes por hora. Hoje, Minas Gerais concentra exatos 10.187 registros de óbitos ocorridos em função de complicações decorrentes do coronavírus. O número de casos confirmados está em 428.790.

Belo Horizonte é a cidade que detém a maior quantidade de moradores diagnosticados com a doença – são mais de 53.300 segundo o levantamento mais recente da Secretaria de Saúde do Estado. A capital mineira responde ainda por 1.667 das mortes de mineiros que não resistiram à infecção.

Logo depois, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, aparece como o segundo município com maior número de casos concentrados de Covid-19. Até esta quinta-feira, eram 38.051 os residentes no município que em algum momento da pandemia descobriram-se infectados pelo vírus. O número de mortes na localidade está em 718. À contramão encontra-se Cedro do Abaeté, na Zona da Mata, única cidade mineira – e também brasileira – que até hoje não têm casos ou mortes ligados à Covid-19.

Frente o elevado número de mortes registradas nas últimas 24 horas, o boletim epidemiológico da Saúde indica que estes óbitos aconteceram entre os meses de julho e dezembro, estando a maior parte deles concentrada na data de 30 de novembro. Com relação a quantidade total de mortes em Minas Gerais – 10.187 como citado anteriormente – sabe-se que ela está dividida em 676 municípios mineiros, e a taxa de letalidade do coronavírus está em 2,4% na região.

Outra estatística atualizada diariamente pela Secretaria de Estado diz respeito à média de idade entre os óbitos confirmados que, hoje, está em 71 anos. Indicador contido no balanço também revela que 80% das pessoas que morreram após contraírem a infecção estavam acima de 60 anos, e em 75% dos óbitos foi constatada presença de comorbidades anteriores, sendo as doenças do coração as mais comuns entre elas.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.