VEREADOR AFASTADO – Agnaldo Enfermeiro segue preso, afirma diretor do presídio de Itabira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 253 Visualizações

Vereador está afastado desde julho de 2019 – Foto: Arquivo VIA

O Vereador afastado Agnaldo Vieira Gomes “Enfermeiro” (PRTB) continua preso e não tem uma data prevista para um possível alvará de soltura, conforme informado ontem pelo VIA COMERCIAL, em reprodução a notícia do jornal Diário de Itabira. O vereador que está preso desde março deste ano responde por dois crimes – rachadinha e assedio sexual – que ainda estão em tramitação no Fórum Desembargador Drummond de Itabira.

Márcio Pedro – Diretor do Presídio

Em entrevista ao repórter Átila Lemos, a Direção do Presídio de Itabira, informou que não tomou conhecimento, ou foi comunicado sobre qualquer tipo de alvará direcionado ao vereador afastado, e que ele permanece preso, segundo o diretor do Presídio, Marcio Pedro.

Nas próximas semana a MM. Juíza que preside o processo relativo ao Assedio Sexual que o vereador afastado responde, pode ser proferido uma sentença relacionada a acusação, podendo ser de “condenação ou absolvição”. Mas de qualquer forma o acusado ainda permanece recolhido naquela unidade prisional.

A prisão do vereador foi decretada na época pela Juíza Dayane Rey da Silva, da comarca de Itabira, por meio da Lei nº 2848, artigo 316 – que exige, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.

Agnaldo está preso desde o dia 05 de março, no presídio de Itabira, depois de ficar oito meses foragido. 

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *