PLR 2020 – Vale deve pagar em torno de 3.5 salários, diz Metabase Itabira

A projeção foi apresentada nesta quinta-feira (20), pela mineradora Vale a sindicalistas, durante uma reunião em Belo Horizonte. “A empresa insistia em querer jogar nas costas dos trabalhadores a conta do crime cometido em Brumadinho e consequentemente enfiar a desculpa que a PLR – Participação nos Lucros e Resultados – seria praticamente zero”, disse André Viana, presidente do Metabase Itabira.

De acordo com o sindicalista a aplicação do painel de metas e da nota global Vale colocaria os valores da participação nos lucros bem inferiores aos anos anteriores. Depois de muita pressão dos sindicatos, a empresa cedeu e resolveu ajustar o painel de metas por meio de um aditamento no Acordo Coletivo de PLR de 2019, ocasionando um aumento substantivo.

A Vale registrou um prejuízo de US$ 1,683 bilhão em 2019, comparado ao lucro líquido de US$ 6,860 bilhões em 2018, mas ainda assim, a empresa vai pagar uma PLR média de 3.5 salários em Itabira. A receita operacional líquida da mineradora foi de US$ 37,570 bilhões em 2019, um aumento de 2,7% em relação a quanto registrado em 2018, quando esse valor tinha sido de US$ 36,575 bilhões A Vale já tinha informado nas últimas semanas que a produção de minério de ferro em 2019 tinha sido 21,5% menor do que a do ano de 2018, em 301,972 milhões de toneladas.

André afirma que o pagamento da PLR deve injetar na economia Itabirana cerca de 40 milhões de reais.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.