Minas Gerais, Polícia

Suspeito de matar prefeito de Naque, vereador é preso no Espírito Santo

Hélio foi assassinado a tiros, supostamente após se desentender com o vereador da cidade. Foto: reprodução

O vereador Marcos Alves de Lima (PDSC), suspeito de matar o prefeito de Naque, Hélio Pinto de Carvalho (PSDB), foi preso na terça-feira (16/07), em Vitória, no Espírito Santo, pela Polícia Civil capixaba. O parlamentar chegou a ser autuado em flagrante logo após o crime, cometido no sábado (13/07), mas havia sido liberado em audiência de custódia.

O mandado de prisão preventiva foi cumprido após solicitação do Ministério Público à Justiça. Policiais mineiros da cidade de Açucena, no Vale do Rio Doce, fizeram o monitoramento do vereador e verificaram que ele havia fugido para o Estado vizinho. O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Espírito Santo foi acionado e contatou os policiais capixabas.

Ainda nesta terça-feira, os policiais de Açucena devem seguir até Vitória para buscar o suspeito. A reconstituição do crime e novos depoimentos não estão descartados, de acordo com a Polícia Civil.

O crime

Conhecido como Hélio da Fazendinha, o prefeito de Naque, Hélio Pinto de Carvalho, de 55 anos, foi morto a tiros supostamente após uma discussão com o suspeito.

Testemunhas disseram que o prefeito e o vereador se desentenderam durante uma discussão envolvendo uma cerca. O vereador estaria tentando aumentar o próprio terreno, invadindo um lote que pertence à prefeitura. Na confusão, o prefeito teria chicoteado o vereador, que teria revidado a agressão com tiros.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend