Mundo, Política

Britânicos vivem expectativa sobre quem será novo primeiro-ministro

Candidatos a substituir a primeira-ministra Theresa May, que renunciou na semana passada, serão oficializados até o fim do dia

EXAME

O Reino Unido começa nesta segunda-feira a escolher quem será o próximo primeiro-ministro. A então premiê Theresa May, no poder desde 2016, renunciou ao cargo na semana passada após não conseguir avançar em um acordo para concretizar o Brexit, o processo de saída da União Europeia. Agora, um novo premiê precisa ser escolhido dentro do próprio Partido Conservador, o mesmo de May.

Os candidatos têm até às 17h (14h pelo horário de Brasília) para oficializar suas candidaturas ao cargo. As votações começam em de 13 de junho, em um processo eleitoral com vários turnos, que elimina os candidatos até chegar a apenas dois. O premiê será definido após a última votação, em 22 de junho.

Onze candidatos devem concorrer ao cargo. Um dos favoritos é o ex-prefeito de Londres, Boris Johnson, que tem posições mais duras sobre o Brexit e defende sair sem nenhum acordo com a União Europeia. Segundo a rede de TV britânica BBC, ele tem mais de 60% de chances de vencer. Ele ainda é rejeitado pelas alas moderadas, e sua maior dificuldade será unir o partido a seu favor.

Outros candidatos com alguma chance de vitória (cerca de 10%) são o atual secretário do Meio Ambiente, Michael Gove, visto como um candidato mais de centro e capaz de negociar (ele afirmou que uma saída sem acordo não está nos planos), e Jeremy Hunt, secretário das Relações Exteriores e que, assim como May, era a favor de ficar na UE antes do Brexit mas, agora, diz que fará a saída acontecer.

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend