Esportes, Futebol

Com polêmicas do VAR, Cruzeiro vence o Atlético, toma vantagem e fica a um empate do título

Rádio Itatiaia

O VAR foi o protogonista da primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro entre Cruzeiro e Atlético, disputada na tarde deste domingo (14/04), no Mineirão. A Raposa venceu o duelo por 2 a 1, reverteu a vantagem do rival e jogará pelo empate no confronto decisivo, no próximo sábado, em estádio a ser definido. Marquinhos Gabriel e Léo fizeram os gols do Cruzeiro, enquanto Ricardo Oliveira fez para o Atlético. [pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”right”]

O clássico foi bastante movimentado, especialmente no segundo tempo. O Cruzeiro abriu o placar no fim da primeira etapa com Marquinhos Gabriel. O Atlético empatou com Ricardo Oliveira no segundo tempo, mas Léo deixou a Raposa na frente em seguida. O Atlético ainda teve a chance de empatar no final, mas Chará perdeu chance incrível.

O VAR teve participação direta no placar, já que apontou um toque de mão em gol marcado pelo centroavante Fred quando o duelo estava 2 a 1. Os atleticanos reclamaram ainda de o recurso não ter sido acionado após o último lance do primeiro tempo, quando Dedé agarrou Igor Rabello na área. O árbitro terminou a partida em seguida e não foi acionado. Como o primeiro tempo terminou, não tinha possibilidade de o lance ser revisto na volta da etapa final. O Atlético também reclama do lance que originou o segundo gol celeste, já o bandeirinha marcou escanteio erradamente. Porém, não é lance para o árbitro de vídeo.

Pelo momento atual dos rivais, o Atlético fez até um bom jogo. Pecou na parte defensiva, mas não limitou-se a ficar na retranca.  Já o Cruzeiro mostrou o bom futebol desta temporada, mas encontrou dificuldade para entrar no sistema defensivo alvinegro. Quando conseguiu, Victor salvou o Atlético. 

Foto: Vinnicius Silva/ Cruzeiro

 
CRUZEIRO 2 X 1 ATLÉTICO
 
Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Robinho (Rafinha), Rodriguinho (Pedro Rocha) e Marquinhos Gabriel; Fred. Técnico: Mano Menezes
 
Atlético: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson e Elias; Luan (Maicon Bolt), Cazares (Vinicius) e Chará; Ricardo Oliveira (Geuvânio). Técnico: Rodrigo Santana

Gols: Marquinhos Gabriel (aos 45’1ºT), Ricardo Oliveira (aos 10’2ºT), Leo (aos 15’2ºT)

Cartões amarelos: Luan, Ricardo Oliveira, Maicon Bolt, Fábio Santos, Adilson, Leonardo Silva, Victor (Atlético); Fred, Henrique, Lucas Romero, Edilson, Marquinhos Gabriel, Rafinha (Cruzeiro)

Cartões vermelhos: Rafinha (Cruzeiro); Adilson (Atlético)
 
Motivo: primeira partida da final do Campeonato Mineiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Público Presente: 51.032

Público Pagante: 44.650

Renda: R$ 1.952.766,00

Data e horário: 14 de abril de 2019 (domingo), às 16h

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Michel Correia (RJ)

VAR: Bruno Arleu de Araújo

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend