POLÍTICA – Heraldo surpreende e será o novo presidente da Câmara de Itabira

 139 Visualizações

Com apoio da oposição Heraldo que está em seu primeiro mandato foi eleito presidente da Câmara – Foto: Felipe Jácome

Após vencer as eleições para presidente da Câmara Municipal por nove votos favoráveis na tarde desta terça-feira (20), o vereador Heraldo Noronha Rodrigues (PTB) fez questão de dizer que a sua chapa não representa a vitória da oposição na Câmara. Em sua declaração, o vereador disse à imprensa que faz parte da base do prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) e que trabalhará para manter “a melhor relação possível” com a Prefeitura. A vice presidência ficou nas mãos do vereador Reinaldo Soares de Lacerda (PHS), o primeiro secretário será André Viana Madeira (Podemos) e o segundo Weverton Júlio de Freitas Limões (PMN). Heraldo venceu o candidato Carlin Fihlo (Podemos), por 8 votos a 7.[pro_ad_display_adzone id=”44899″ align=”right”]

“Queremos uma coisa diferente, queremos uma população sendo bem tratada, a vitória hoje é dos mais humildes e estamos juntos. Vamos pedir a Deus para fazer um bom mandato. A relação com o Governo é a melhor possível, por que eu sou do Governo, só que queremos que a Câmara seja tratada melhor, seja ouvida, porque se a Câmara for ouvida o povo será ouvido”, disse o presidente eleito.

Quando questionado sobre o apoio obtido pelo vereador Reginaldo das Mercês Santos (PTB), e a sua participação em seu mandato a partir do ano que vem, Heraldo Noronha disse apenas que oposicionista “quer o melhor para o município”.

“Ele [Reginaldo] tem as diferenças dele, pensa diferente, mas está com a gente, ele é dos nossos, ele quer uma Itabira melhor, ele representa um povo humilde, com certeza ele quer o melhor para Itabira”, disse o novo presidente da Câmara.

Em seu pronunciamento, o vice-presidente Reinaldo Lacerda reforçou o discurso de uma base aliada ao prefeito Ronaldo Magalhães. Segundo ele a eleição desta nova mesa diretora foi uma “costura muito bem feita”.

“Eu quero lembrar que aqui tem 17 vereadores e todos teriam capacidade para ganhar essa eleição, três da base governista, costuramos muito bem, fiz uma costura muito bem feita, junto com o André [Viana], o André foi uma peça muito importante, os caras acreditaram, por que é só acreditando que que se tem o resultado. Não é uma chapa para fazer oposição ao Governo, não é isso, é uma chapa com independência, que seja harmônico, é só isso, não é mais que isso”, disse Reinaldo Lacerda, que até no final da semana passada era tido como um dos nomes para disputar a presidência.

Em tom de mistério na semana passada, André Viana chegou a revelar que estava articulando uma terceira via para disputar as eleições da Câmara Municipal, que tinham como “preferidos” Carlos Henrique da Silva Filho “Carlin” (Podemos) e Allain Anderson Gomes de Figueiredo (PDT). Porém, na disputa desta terça-feira, ele preferiu inclusive ser contra o seu correligionários, Carlin Filho, que encabeçou a chapa adversária à de Heraldo Noronha.

“Isso mostra uma coalizão em Itabira, de pessoas que pensam diferente, o nosso total respeito aos vereadores, aqui não tem ringue, passado a eleição o presidente tem que servir e manter o equilíbrio entre os 17, tem a especulação, a disputa, mas [a eleição] mostrou o que eu disse: o fortalecimento do Poder Legislativo. Não é uma derrota do Governo, é uma reafirmação do Poder Legislativo aqui dentro [da Câmara] e a primeira reorganização está precisando acontecer aqui dentro é uma luz de esperança que acende em Itabira”, disse André Viana aos jornalistas.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.