Vetão apresenta proposta de “orçamento impositivo “ mas líder do Governo tira projeto da pauta

O vereador Weverton Andrade “Vetão” (PSB) apresentou uma proposta de emenda à Lei Orgânica, 001/2018, com o objetivo de instituir em Itabira “Orçamento Impositivo”, que dá à Câmara Municipal a autonomia de escolher que área o prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) deverá investir 1,2% do orçamento total do município. No entanto, o líder do governo na Câmara, vereador Carlos Henrique da Silva Filho “Carlin” (Podemos) pediu vista ao projeto.

Ao justificar as suas intenções, Vetão reclamou do número de indicações feitas pelos vereadores que não estão sendo atendidas pelo prefeito. Segundo ele, cerca de mil indicações foram apresentadas desde o início deste mandato, mas “poucas foram atendidas”. Vetão defende a participação mais efetiva da Câmara Municipal na escolha das áreas em que a verba deve ser aplicada, pois, segundo ele, os vereadores estão mais próximos da comunidade do que o prefeito.

“O vereador tem contato com a comunidade 24h por dia, infelizmente o prefeito fica excluído do contato direto devido as suas atribuições. Queremos dar a esta Casa a autonomia para destinar uma parte do orçamento para algumas melhorias […] essa Casa tem feito um trabalho de extrema importância, com mais de 1000 indicações e muitas delas não foram atendidas. Esse projeto visa, ter a oportunidade de indicar ao prefeito onde ele vai gastar 1,2 % do orçamento, que pode ser empregado àquelas necessidades, fazendo justiça ao trabalho do vereador, por que não compete a Câmara execução”, justificou o vereador, durante a discussão do projeto.

A proposta volta para a pauta da reunião na semana que vem. Em seu discurso, Vetão pediu aos seus colegas para analisarem os benefícios do projeto e manifestarem seus votos favoráveis.

“Dentro dessa porcentagem (1,2%), a metade deverá ser destinada à saúde. Não é um posicionamento político, é uma oportunidade de fazermos valer a nossa função como vereador. Somos apedrejados todos os dias, com demandas e infelizmente o prefeito não tem feito. Peço ao senhores para pensar neste projeto de forma efetiva, esse projeto vai mudar os rumos do legislativo itabirano, dando as pessoas a oportunidade de ver as demandas resolvidas”, defendeu ele.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.