Medida temporária – EUA vão transferir 1,6 mil imigrantes a prisões federais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 102 Visualizações

Manifestante protesta contra a política de imigração do governo dos EUA durante as festas de Primeiro de Maio em Los Angeles, na Califórnia (Foto: AFP Photo)

O Governo dos Estados Unidos vai transferir cerca de 1,6 mil imigrantes ilegais para prisões federais por falta de espaço nos centros de detenção para imigrantes, informaram as autoridades imigração americanas.

O Serviço de Imigração e Alfândegas dos EUA (ICE) afirmou na quinta-feira (7) que o “atual aumento de cruzamentos de fronteiras ilegais e a implementação da política de tolerância zero do Departamento de Justiça” foram os causadores da falta de espaço.

“O ICE está trabalhando para atender a demanda adicional de espaço de detenção para imigrantes”, explicou a porta-voz Danielle Bennett, em comunicado publicado pelos veículos de imprensa locais.

Ela disse que a reclusão de migrantes em prisões federais tem a previsão de ser “temporária”, até que o ICE amplie sua capacidade com a abertura de novos centros de detenção ou até que diminua a onda de cruzamentos nas fronteiras.

1 mil dos 1,6 mil imigrantes ilegais serão transferidos para uma prisão em Los Angeles (Califórnia), enquanto o restante seguirá para presídios no Texas, Oregon, Washington e Arizona.

Estes detidos enfrentam uma possível deportação, embora ainda estejam esperando apresentar seus casos perante juízes de imigração.

No mês passado, os EUA detiveram mais de 50 mil imigrantes ilegaisque cruzaram a fronteira sul com o México pelo terceiro mês consecutivo. Trata-se do número mais alto desde que Donald Trump assumiu o poder, quando reduziu drasticamente as chegadas.

Com o detidos em maio, praticamente triplicou o número dos detidos no mesmo mês do ano anterior.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *