Parados, caminhoneiros vendem carga de perecíveis a ‘preço de banana’ em Minas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 93 Visualizações

Alguns caminhoneiros que fazem parte do movimento contra o aumento do diesel em Minas Gerais estão vendendo produtos perecíveis, como frutas e legumes, com até 70% de desconto em relação ao preço real.  Em alguns pontos, tomates e abacates foram deixados na beira da estrada.

Na Fernão Dias, em Igarapé, melão, manga e coco são vendidos por 40% do valor de cobrado normalmente. A rádio Itatiaia acompanha o protesto dos caminhoneiros deste segunda-feira, quando o movimento foi iniciado. Sem fechar totalmente as vias, o protesto ganha força e apoio da população, que distribui alimentação e bebidas.

Oswaldo Diniz/ Rádio Itatiaia

 

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *