Após cinco anos de queda Itabira volta a gerar novos postos de trabalho

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 95 Visualizações

Porta do Sine Itabira em dia de anúncios de novas vagas – Foto: arquivo Via

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, apontam que Itabira gerou 511 novos postos de trabalho no quadrimestre de 2018, de janeiro a abril.  O momento positivo pode interromper um longo período de recessão com o fechamento de 13.590 vagas no município, nos últimos cinco anos. Neste período, entre 2013 a 2017, segundo o Caged, Itabira somou 76.196 demissões e cerca de 62.606 contratações.  

O saldo nos primeiros quatro meses de 2018 supera os 532 postos fechados no ano passado (2017). Até o momento ocorreram 2.855 admissões e 2.344 rescisões. O melhor desempenho ficou com o setor de serviços, que criou 247 novos postos de trabalho nos primeiros quatro meses de 2018. Já a mineração, o principal setor da economia local, fechou o quadrimestre com saldo negativo de uma vaga, admitindo 68 e demitindo 69 trabalhadores. 

A indústria de transformação foi o segundo setor na geração de emprego em Itabira nos primeiros quatro meses do ano, gerando 132 vagas, enquanto a construção civil foi o terceiro setor em criação de novos postos com saldo de 116 novos postos de trabalho. A agropecuária também segue salvando o mercado de trabalho com a criação de 54 novos postos no mesmo período.  

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *