Esportes, Futebol

Huachipato aciona Atlético na Fifa por dívida relativa à compra de Otero; direção alvinegra espera correção de valores e composição

Clube chileno pede pagamento de dívida de cerca de 600 mil euros

@SuperFC

O Huachipato, do Chile, acionou o Atlético na Fifa por uma dívida relativa à compra do meia venezuelano Rómulo Otero no valor de 600 mil euros. A representação pede ainda que o Galo seja punido caso não quite a pendência. A diretoria alvinegra contratou uma agência de advocacia internacional e espera contestar os valores propostos para tentar uma composição com os chilenos.

A informação foi publicada por Rodrigo Mattos, do Uol Esporte, e confirmada pelo Superesportes.
 
Otero chegou ao Atlético por empréstimo, em 2016, durante a gestão do presidente Daniel Nepomuceno. Em 2017, a diretoria alvinegra decidiu exercer a preferência de compra de 50% dos direitos econômicos do jogador por € 800 mil (cerca de R$2.700.000, pela cotação da época, e R$ 3.500.000, pela atual). A quantia deveria ser paga em duas parcelas de 400 mil, em agosto de 2017 e janeiro de 2018.
 
A diretoria chilena alega que, após algumas cobranças, o Atlético pagou um quarto da dívida, no valor de € 200 mil, já na gestão do presidente Sérgio Sette Câmara, este ano. Agora, o Huachipato pede na Fifa a quitação do restante dos valores acrescidos de juros. O Hiachipato solicitou até a proibição de transferências de jogadores ao Galo pelo período de duas ‘janelas’.
 
De acordo com o vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, o clube contratou um advogado especializado. O dirigente ressaltou o compromisso feito pelo presidente Sérgio Sette Câmara de tentar acabar com as dívidas do clube.
 
“Esse caso está muito no início. Nosso advogado fará a contestação dos valores, como a questão dos juros, e fará um pedido pela composição. O clube está fazendo a tentativa de acerto nos parâmetros que acha corretos. Imaginamos que, se houver uma aceitação das condições (com ajuste nos valores), pode haver uma composição. Já resolvemos alguns casos, na Ucrânia e em Portugal, e tentaremos encerrar todos. Esse pode ter o mesmo rumo”, apontou.
 
O caso citado em Portugal é o mais recente, em que o Atlético encerrou uma dívida com o Sporting de Lisboa pela transferência do volante Elias para a Cidade do Galo. Para acertar a pendência, o Galo liberou o jovem meia-atacante Marco Túlio para o clube lusitano.
ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação

Send this to a friend