Servidores querem discutir melhor projeto que modifica cargos no SAAE

A proposta do Governo de alterar a estrutura administrativa do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), acabando com alguns cargos e criando outros, voltou a ser discutida na Câmara Municipal de Itabira nesta quinta-feira, 1º de março. Vários servidores da autarquia e membros do Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos Municipais (Sintsepmi) participaram da reunião e sugeriram mudanças no projeto.

Alguns funcionários e sindicalistas discordam da extinção de determinadas vagas, como assistente social e dentista. Na opinião deles, trata-se de uma conquista da categoria que contribui para a qualidade de vida do trabalhador. Há dúvidas também a respeito dos 30% de aumento sobre os vencimentos de alguns operadores.

Servidores do SAAE participaram do encontro

Diante dos questionamentos, o vereador André Viana Madeira (Pode) disse que vai propor a retirada de pauta do projeto na próxima reunião, marcada para a próxima terça-feira, 6 de março. O parlamentar pretende ouvir a opinião de um advogado especialista e convidar novamente um representante do SAAE para novos esclarecimentos.

Apesar das discussões, há consenso entre a classe sobre vários benefícios da proposta, como a equiparação salarial de cerca de 90 servidores que recebem abaixo do salário mínimo. Durante os debates, o vereador Weverton Leandro dos Santos Andrade, Vetão (PSB), sugeriu que o projeto seja desmembrado. Ele considera plausível separar a parte em que todos concordam – como da equiparação salarial – da que tem gerado dúvidas.

Concurso público

Quando esteve na Câmara para defender a aprovação das mudanças, o diretor-presidente do SAAE, Leonardo Lopes, afirmou que o projeto de lei viabiliza a realização de um concurso público pela autarquia ainda este ano. Segundo ele, a extinção e criação de cargos mexem na estrutura organizacional do órgão, visando atender com mais eficiência as demandas da população. Ao mesmo tempo, a mudança abre espaço para a efetivação de novos profissionais, como contador e advogado.  

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.