Partido acredita que Rodrigo Pacheco vai trocar MDB por DEM para disputar o governo de Minas

Foto: Reprodução

O DEM dá como certa a ida do deputado federal Rodrigo Pacheco (MDB) para o partido. A afirmação foi feita nesta quarta-feira, pelo deputado estadual Gustavo Corrêa (DEM), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Corrêa declarou que nenhuma decisão foi tomada, e que qualquer mudança será feita dentro da janela partidária, entre 7 de março e 7 de abril, período legal para que a migração seja feita.

Pacheco tem dito com frequência que deseja ser candidato ao governo de Minas. Ele aguarda o MDB decidir se terá ou não candidatura própria.

No entanto, as prévias do partido dele foram remarcadas de março para 1º de maio, fora da janela partidária, o que deve fazer com que o parlamentar tome a decisão antes do MDB e opte por mudar de legenda.

A data de março era uma proposta do vice-governador Antônio Andrade, presidente estadual do partido. A mudança para maio foi feita após pressão do grupo favorável à coligação com o PT.

Pacheco relatou à Itatiaia que se reuniu recentemente com Andrade e outros colegas da legenda que querem a candidatura própria do MDB. Ele ressaltou, porém, que, atualmente, há uma tendência de manutenção da aliança com o partido de Pimentel.

“Resta-nos avaliar, a partir de março, na janela partidária, a questão da mudança do partido ou não. Eu tenho um convite do Democratas, um convite que eu já disse que me honrou muito, me deixou muito contente, e no decorrer de março nós vamos decidir”, explicou Pacheco.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.