MINEIRO – Em jogo sonolento, Cruzeiro fica no empate sem gols com Caldense

 122 Visualizações

A empolgação gerada pela estreia do Cruzeiro em 2018, na última quarta-feira, não se reprisou hoje, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas. Se a vitória contra o Tupi, no Mineirão, apresentou um time celeste veloz e bem entrosado, perdendo algumas boas chances de fazer um placar ainda maior, o duelo contra a Caldense seguramente deu uma esfriada nos ânimos dos mais empolgados. Como que testando o elenco, o técnico Mano Menezes modificou a equipe, alçando a titularidade para o volante Lucas Silva e o meia Bruno Silva, recém-contratado. Além disso, escalou também Manoel na zaga. Em todos os casos, ninguém brilhou ou fez grande diferença no jogo- especialmente o meia, bastante perdido na primeira etapa.  

Foi uma partida quase sonolenta, com pouquíssima inspiração de ambos os lados. No primeiro tempo, um Cruzeiro nada inspirado encontrou uma Caldense forte na marcação, pouco disposta a ceder espaços para a equipe celeste. Logo no começo do jogo, aos 12 minutos, Thiago Neves bateu escanteio e Manoel cabeceou forte, exigindo do goleiro Omar uma bela defesa.  Pouco tempo depois o time de Poços reagiu com Neílson exigindo uma defesa em dois lances de Fábio.Somente nos minutos finais da primeira etapa o jogo voltou a ganhar alguma emoção, em boa jogada de Romero e Thiago Neves que levou perigo para o goleiro adversário.

Na segunda etapa, a expectativa era de um Cruzeiro mais ofensivo e qualificado, com o técnico promovendo a entrada de Robinho ainda no intervalo, e De Arrascaeta aos 23 minutos. Fez pouca diferença. Se a grande esperança celeste de ver a rede balançar era com Fred, o atacante pouco fez, criando poucas chances de gol. 

Para piorar, mesmo com bons finalizadores de fora da área, como Robinho e Thiago Neves, o time praticamente não optou por esta estratégia, se resumindo a cruzamentos para dentro da área. A entrada de Rafael Sóbis, no lugar de Thiago Neves, nada mudou este panorama. Quase no fim, Fred conseguiu uma cabeçada que quase surpreendeu o goleiro. Em um jogo de baixa qualidade técnica, o placar inalterado ao apito final fez jus à partida, e serviu para esfriar a empolgação da torcida celeste neste início de temporada.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.