Anglo American está pronta para iniciar as obras da Etapa 3 do Minas-Rio

 135 Visualizações

 

A Anglo American espera apenas a obtenção das licenças Prévia e de Instalação (LP+ LI) para iniciar a Etapa 3 do Minas-Rio, que receberá R$ 1 bilhão em investimentos. No pico das obras, o projeto de continuidade operacional do empreendimento vai gerar cerca de 800 postos de trabalho em Alvorada de Minas e Conceição do Mato Dentro (MG). Depois, outros 100 empregos permanentes serão criados, somando-se à atual força de trabalho da companhia (cerca de 4,8 mil empregados próprios e terceirizados). A Etapa 3 permitirá à mineradora alcançar a produção de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

“A Etapa 3 do Minas-Rio é de grande importância não apenas para a Anglo American, mas para toda a região de sua operação, pois, além de gerar benefícios para os municípios, irá manter os empregos existentes e gerar outros. As licenças são fundamentais para o Minas-Rio continuar a operar por, no mínimo, mais 15 anos”, ressalta o presidente da Anglo American no Brasil, Ruben Fernandes.

Os trabalhos de preparação de área e de infraestrutura, como canteiro de obras e acessos já poderão ser iniciados imediatamente após a obtenção das licenças. Em seguida, de acordo com o planejamento da empresa, as primeiras obras são a abertura da cava e o alteamento da barragem de rejeitos. As estruturas que permitirão o aumento da produção englobam, ainda, a instalação de diques de contenção de sedimentos, a expansão da pilha de estéril, a instalação do platô de apoio operacional e a instalação de uma nova flotação.

A nova expectativa é que a votação das licenças ocorra ainda no início deste ano. A Licença Prévia (LP) atesta a viabilidade ambiental do projeto, considerando o meio ambiente e o local onde será instalado. Já a Licença de Instalação (LI) autoriza a construção do empreendimento. O processo de licenciamento da Etapa 3, iniciado em 2015, é consistente e já conta aprovações como a do projeto de compensação florestal, anuências do Ibama, declaração de conformidade das prefeituras de Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas e anuência para o Monumento Natural da Serra da Ferrugem, entre outras. 

Sobre a Anglo American

O Grupo Anglo American está presente no Brasil com a produção de níquel e minério de ferro, negócios que foram integrados em uma estrutura única em 2017. Com as operações de Barro Alto e Codemin, localizadas nas cidades de Barro Alto e Niquelândia (GO), produz ferro-níquel.

Por meio de um sistema integrado de logística, no Minas-Rio, a empresa produz minério de ferro a partir da mina e da usina localizadas em Alvorada de Minas e Conceição do Mato Dentro (MG). O minério é transportado por mineroduto até o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, em São João da Barra (RJ), empreendimento que tem 50% de participação da Anglo American. Atualmente, o Minas-Rio está em processo de licenciamento ambiental da Etapa 3, que permitirá à empresa alcançar a produção de 26,5 milhões de toneladas por ano.

A companhia conta com 3,3 mil empregados próprios no Brasil e outros 4 mil terceirizados. Juntos, eles formam uma força de trabalho que utiliza tecnologia de ponta para encontrar novos recursos, planejar e operar as minas. Esses profissionais também mineram, processam, transportam e comercializam os produtos para nossos clientes ao redor do mundo.

A Anglo American é uma mineradora global diversificada. Nosso portfólio tem alta competitividade e os recursos em desenvolvimento fornecem as matérias-primas para atender às crescentes demandas voltadas para o consumidor das economias desenvolvidas e em fase de desenvolvimento.

Como uma mineradora responsável, que tem em seu portfólio – diamantes (De Beers), cobre, platina e outros metais preciosos, além de, minério de ferro, carvão e níquel, somos guardiães de recursos naturais valiosos. Trabalhamos em conjunto com nossos parceiros e públicos de relacionamento para trazer valor de longo prazo para acionistas e também para os países onde operamos, gerando valor sustentável e fazendo a diferença real.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.