Vereador reclama do transporte coletivo de Itabira e marca Audiência Pública

 134 Visualizações

Em um duro discurso durante a reunião da Câmara Municipal na tarde desta terça-feira (12) o vereador André Viana Madeira (Podemos) criticou os serviços prestados pela Transporte Cisne, responsável pelo transporte coletivo em Itabira e marcou uma Audiência Pública para debater o tema no dia 27 de fevereiro de 2018 junto à comunidade.

Segundo o vereador, falta de pontualidade dos ônibus, qualidade nos serviços prestados, qualidade da frota utilizada no transporte público, preço das tarifas, falta de estruturas cobertas nos pontos e falta de investimentos em um novo terminal ou em um novo sistema de transporte, com baldeação, por exemplo, são os principais problemas enfrentados pelos usuários do transporte coletivo em Itabira.

A proposta da audiência de acordo com o vereador é traçar metas e ações a serem realizadas a partir do ano que vem. Caso a empresa não melhore a prestação do serviço, disse André Viana, uma nova concorrência deverá ser realizada no município para que outras empresas tenham oportunidade de explorar o serviço.

“Queremos mudanças, não é só dar tapinha nas costas e sair daqui sem solução, eu vou para cima com toda vontade, estamos lendo o contrato da Cisne e a situação vai esquentar, se não melhorar vamos tomar medidas aqui na Câmara. E digo de ante mão, não vai aumentar a passagem de ônibus em Itabira, isso é brincadeira, vamos lutar ferrenhamente na Câmara”, atacou o vereador.

Em relação ao serviços prestados na cidade, o vereador foi categórico. “Nós não temos baldeação, aqui o cara tem que pagar cinco passagens, aqui não tem um terminal descente com banheiro, com água, é uma vergonha uma cidade com uma empresa com 30 anos de concessão não ter um ponto de ônibus com cobertura, vamos lutar ferrenhamente, com todo respeito, mas o serviço prestado hoje não vale o preço da passagem paga”, disparou.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.