DVD em homenagem ao cantor Vander Lee é lançado em BH

 212 Visualizações

Foram necessárias várias tentativas por parte do cantor e compositor Vander Lee (1966-2016) até que Rossana Decelso finalmente topasse ser sua empresária. “Nós somos amigos há mais de 30 anos, sempre acompanhei sua carreira. Fui eu, inclusive, que o apresentei à Elza Soares, mas sempre havia outros compromissos que me impediam de aceitar”, conta Rossana. Depois de muitos anos, assim que ela voltou de um período no exterior, ele deu o ultimato: “aqui… é a última vez que eu te chamo, hein”, disse, com seu jeito característico. Assim, ela acabou sendo responsável pela gestão de sua carreira artística pelos últimos seis anos da vida do belo-horizontino, até sua partida prematura em agosto do ano passado. 
 
Foi Rossana quem “botou pilha” para que Vander Lee gravasse um novo DVD, uma vez que seu registro audiovisual mais recente era de 2006, “Pensei que Fosse o Céu”. “Ele havia mudado tanto em termos de sonoridade, jeito de cantar, concepção de arranjo. Amadureceu muito tecnicamente”, afirma. 
 
Foi difícil, mas ela conseguiu convencer o músico, que realizou a gravação de “Vander Lee: 20 anos”, pouco mais de um mês antes de sua morte, no dia 2 de julho. Mesmo sem ele aqui, Rossana deu continuidade ao projeto e seu lançamento acontece no próximo domingo (10), no Palácio das Artes, com participação de parceiros como Zeca Baleiro, Maurício Tizumba, e seus filhos Laura Catarina, Lucas Rasta e Clara Catarina.
 
Tudo a seu tempo
 
A princípio, o DVD seria gravado em 2015, mas um problema de saúde da irmã de Vander Lee o fez adiar o compromisso – ela acabou morrendo no dia em que seria feita a gravação. Cauteloso e receando não ter condições financeiras para arcar com o projeto, ele tentou adiá-lo mais uma vez, mas Rossana não deixou. A data que ele queria, seria depois de sua morte. “Existe um certo receio dos artistas, com essa coisa de ser um registro para a posteridade, então nós trabalhamos para deixá-lo o mais à vontade possível. E foi isso que aconteceu, foi tudo bem tranquilo e ele ficou satisfeito com o resultado”, conta.
 
Infelizmente, pouco depois, Vander Lee faleceu – e 20 dias depois dele, o diretor da gravação, Darcy Burguer, também – mas a empresária nem cogitou não lançar o registro. “Não tive tempo para viver o luto, porque além de lidar com várias questões burocráticas, atendi dezenas de fãs que ligavam pra mim depois que ele morreu, passei dias e dias consolando admiradores, foi bastante intenso. Quando chegaram as primeiras imagens, eu relutei um pouco em ver, depois vi mais de 300 vezes. De certa forma, estou há um ano respirando, comendo e dormindo Vander Lee”, diz.
 
Com o apoio de Regina Souza, cantora, produtora e ex-mulher de Vander Lee, a empresária seguiu. O repertório traz canções de seus quatro trabalhos mais recentes: “Faro” (2009), “Sambarroco” (2012), “Loa” (2014) e “9” (2016). Além delas, uma seleção de composições dele gravadas por outros intérpretes.
 
Para o lançamento, amigos e parceiros da trajetória que, oficialmente, celebra duas décadas. Zeca Baleiro e Maurício Tizumba estarão ao lado dos filhos do homenageado, Laura Catarina, Lucas Rasta e Clara Catarina. Zeca inclusive cantará uma canção inédita de Vander Lee e haverá outras surpresas. “Achei que seria legal ter outros compositores interpretando as músicas dele, isso deixa a coisa com mais personalidade. O Zeca também participou do primeiro DVD, o Tizumba era padrinho de sua filha mais nova. Íamos ter também o Paulinho Moska, mas por conta de uma mudança de datas ele não pôde vir. Eu falei com muita gente, muitos amigos, intérpretes, pessoas que gostavam dele. Maria Gadú, Jorge Vercilo, Elba Ramalho. De tanta gente quis participar e não deu, dava pra fazer mais uns 30 shows”, brinca.
 
Zeca Baleiro

O maranhense era amigo e contemporâneo de Vander Lee. “Mas parceria, de fato, fizemos apenas uma, ‘Bangalô’”, diz. Ele lamenta o fato de não terem feito mais músicas juntos e acredita que era mesmo preciso dar continuidade ao DVD. “Por respeito ao trabalho dele e a amizade com a família. O projeto merece ser levado adiante. Vander Lee é um grande artista e precisa ser mais conhecido”, comenta e diz que enxerga na presença dos filhos dele no show uma forma de continuidade. “São todos muito musicais e vão levar esse legado vida afora”, conclui.

Maurício Tizumba

Tizumba era amigo de Vander Lee há mais de 30 anos e o ajudou a deslanchar sua carreira. “Eu tocava em um bar e uma noite ele apareceu para dar uma canja. A partir dali, sempre que pudesse, o chamava pra tocar. Até que, em 1987, eu me vi com dois shows marcados para o mesmo dia e hora. Pedi para ele cobrir um deles para mim e, a partir dali, nunca mais toquei naquele bar, só ele”, lembra. “A perda dele foi talvez a mais doída da minha vida. Até hoje a minha ficha não caiu”.

Vander Lee: 20 anos

Lançamento do CD e DVD póstumo com Zeca Baleiro, Maurício Tizumba, e seus filhos Lucas Rasta, Clara Catarina e Laura Catarina
Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537, centro, 3236-7400). Dia 10 (domingo), às 20h. R$ 120 (inteira).

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.