quinta-feira, 24 setembro, 2020

Detran de Minas planeja aderir ao pagamento de multa pelo cartão de crédito

Detrans, prefeituras, Polícias Rodoviárias, DEER e Dnit estão autorizados a adotar a forma de pagamento

Detrans, prefeituras, Polícias Rodoviárias, DEER e Dnit estão autorizados a adotar a forma de pagamento

Após o Ministério das Cidades autorizar  o pagamento de multas de trânsito com o cartão de débito e crédito, o Departamento de Trânsito de Minas Gerais informou que está estudando meios para adotar o parcelamento no Estado. Mas ainda não há prazo para a aplicação da medida.

A decisão do Ministério das Cidades foi regulamentada pela Resolução nº 697, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e publicada nesta quarta-feira, (18) no Diário Oficial da União.

Com a medida, os órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito (SNT) como Detrans, prefeituras, Polícias Rodoviárias, DEER e Dnit estão autorizados a adotar essa forma de pagamento. Anteriormente, somente as multas aplicadas em veículos registrados no exterior poderiam ser arrecadadas com cartões de débito ou crédito.

A ideia é reduzir a inadimplência. “Antes dessa norma, alguns órgãos de trânsito adotaram o parcelamento das multas de trânsito diretamente por meio de documentos de arrecadação. Muitos proprietários de veículos buscavam o parcelamento como forma inicial de regulamentar a situação do veículo e obter o documento de licenciamento ou possibilidade de transferência, sem arcar com o compromisso de quitar as demais parcelas”, explica o diretor do Departamento Nacional de Trânsito e presidente do Contran, Elmer Vicenzi.

Com o parcelamento por meio do cartão de crédito, as empresas que operam como adquirentes ou subadquirentes de cartões de crédito deverão realizar a quitação das multas à vista junto ao órgão de trânsito, assumindo o risco da operação junto ao titular do cartão.

 A Polícia Rodoviária Federal informou que aguarda esclarecimentos do Departamento em Brasília, que ainda não se manifestou sobre o assunto. A Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais esclareceu que as cobranças ficam a cargo do Governo do Estado, representado pelo Detran. 

Portal HD

Postagens Relacionadas

Próxima postagem
Inscreva-se
Notificação
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.