Esportes, Futebol

NA BRIGA – Atlético vence São Paulo e reacende sonho de vaga na Libertadores

Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 11/10/2017

Um Atlético seguro em campo, confiante, organizado e sem dar chances ao adversário, com uma atuação como há muito tempo não se via no Independência. Mesmo com um gol legal não validado, o Galo se impôs, mostrou muita vontade e venceu o São Paulo por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fábio Santos, sempre regular e competente nas cobranças de pênalti, fez o gol da vitória alvinegra. Quando a coisa apertou, em alguns momentos do segundo tempo, o goleiro Victor mostrou toda a sua qualidade embaixo das traves e garantiu o triunfo dos mineiros.

A vontade dos atletas em campo foi reconhecida pela torcida, que apoiou o tempo todo e ajudou o Galo a superar o tricolor paulista. O resultado faz o clube se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. Agora, os atletas esperam conseguir uma sequência de vitórias para brigar pelo sonhado G-6.  Já o São Paulo, com o revés, fica colocado no Z-4.

ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS


Na próxima rodada, o alvinegro encara o Sport, em Recife. Os paulistas jogam em casa contra o Atlético-PR.

 
O JOGO. O Atlético começou  vibrante, com muita vontade, embalado pelo apoio de sua torcida. O time estava mais organizado, conseguia impedir qualquer avanço tricolor e exercia uma forte marcação, sufocando os paulistas no campo de defesa. A ansiedade dos outros jogos em casa não apareceu e o Galo tinha tranquilidade para tocar, sair em velocidade e encontrar a melhor opção.

A pressão só foi aumentando.  Aos 12 min, Fred desperdiçou uma chance incrível, após Sidão salvar um chute de Robinho.  Quatro minutos depois, os atleticanos foram à loucura pela não validação do gol. Após bate-rebate, Felipe Santana desviou, a bola bateu em Rodrigo Caio e Sidão tirou de dentro do gol. O árbitro mandou seguir.

A intensidade do confronto caiu, os paulistas passaram a marcar melhor e o alvinegro incomodava menos.  Quando conseguia chegar, levava muito perigo. Aos 30 min, Cazares  cruzou e Valdívia, na pequena área, chutou para fora.  Aos 44, Sidão salvou um chute forte de Valdívia. Os mineiros seguiam dominando, não tinham a meta ameaçada, mas não conseguiram tirar o zero do placar na primeira etapa.

No segundo tempo, o Atlético foi mais incisivo no começo e logo conseguiu inaugurar o marcador. Aos 5 min, Valdívia foi derrubado por Bruno Alves na área e o árbitro marcou pênalti. Fábio Santos bateu rasteiro, sem chances para Sidão.

O São Paulo só conseguiu chegar com perigo à meta de Victor aos 13 min, quando o goleiro defendeu uma cabeçada de Pratto. Com a vantagem, o Galo passou a apostar nos contra-ataques, estratégia muito treinada por Oswaldo de Oliveira na Cidade do Galo. Com muita velocidade, o alvinegro levava muito perigo, mas pecava no passe final.

Em busca do empate, os visitantes se mandaram ao ataque, tentaram pressionar e até encontraram alguns espaços, mas Victor seguiu fechando o gol e garantiu o triunfo atleticano. (Do SuperFC)

ARTIGO ANTERIORARTIGO SEGUINTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *