JUSTIÇA – Gusttavo Lima é condenado a pagar indenização para mulher de Pato Branco por citar número de celular em música

Gusttavo Lima foi condenado na última sexta-feira (29/07) a pagar R$ 48 mil em indenização por ter cantado uma música com um telefone verdadeiro. 

Segundo o processo que o portal teve acesso, uma mulher de Pato Branco (PR) tem o mesmo número citado, pede indenização pelos transtornos causados, já que os fãs teriam passado a ligar incessantemente, causando “sérios prejuízos psicológicos diante da importunação de sossego vivenciada”.

Na música “Bloqueado”, cantada pelo cantor e de autoria de Rodrigo Reis, Renno Poeta e Kinho Chefão, há os seguintes versos:

“Eu sei que não posso ligar

Pra quem já me esqueceu

Coração prometeu nunca mais recair

Só que agora perdeu, tá sem dignidade

Me bateu uma saudade

Daquelas que o coração arde

9xxx-xxx3

Olha eu recaindo outra vez”

Segundo a publicação, a assessoria do cantor disse que a responsabilidade não é dele, já que é apenas intérprete da canção. “Como já mencionamos anteriormente, é importante ressaltar que Gusttavo Lima é apenas o intérprete da música ‘Bloqueado’. Os compositores são as pessoas que criaram a obra e inseriram um número aleatório, sem indicar quem seja, muito menos o DDD”.

Esse não foi o único transtorno que a música causou. Segundo o portal, uma paulista, com o mesmo número em DDD diferente, também passou a ser importunada com ligações.

Com informações do Splash

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.