Utilizando se de uma sátira, Lukinha DDG lança seu novo Vídeo Clipe “Faz um Pix Para mim”

Utilizando se de uma linguagem popular, assuntos da contemporaneidade, contemplando o conteúdo da vivência social, marcando o ponto estratégico da visão sistêmica sobre a composição.

Para Lukinha DDG, a poesia é livre e foi através da sátira que conseguiu entender os comportamentos humanos por meio de estudo na qual a identidade e comportamento social são a base para essa criação, o artista quis mostrar de forma dinâmica e ao mesmo tempo uma faceta literária a crítica contemporânea, onde o compositor satirista descontrói e atualiza com habilidade linguística a vivencia social, enxergando que a maioria não consegue notar ou perceber. 

Sua composição da suporte comunicacionais de uso de mecanismo satírico em sua composição, com uma tirinha de infinidade chargista e linguagem publicitária.

Veja alguns versos:

“Ao invés de falar mal da minha vida

Aproveita e faz um pix para mim”

Uma observação social que o artista fez sobre este verso, inúmeras pessoas reclamam de quem fala mal da vida, já pensou receber 1 centavo para cada pessoa que fala mal? Tem gente que já estaria rico, descontrai o artista, que ao utilizar a critica social sobre um dos mecanismos mais importantes de transações bancarias o PIX.

“Gente falsa estou limpando da minha vida

Ou anda junto ou fala mal

Porque os dois juntos não dão”

Um verso e inúmeras verdades sociais, particularmente você já se deparou com centenas de pessoas reclamando da outra, que fala mal, mas andam juntas, esse verso desconstrução satírica.  

Foi a primeira vez também que o artista mistura o gênero direcionado a música nordestina repente e piseiro.

Link do Clipe: 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.