Defesa Civil vai emitir alertas de desastres e orientações pelo WhatsApp em todo o país

O governo federal lançou nesta quarta-feira (29/06), em parceria com o WhatsApp e a Robbu, um serviço inédito de emissão de alertas de desastres por meio do aplicativo em todo o país. O projeto estará disponível em 60 dias.

A iniciativa é do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e tem o objetivo de desenvolver a percepção de risco e, consequentemente, auxiliar na prevenção de ocorrências graves. A Defesa Civil de Belo Horizonte, que é referência nacional na divulgação dos alertas, acompanhou a criação e a evolução da ferramenta.

Segundo o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, a novidade “irá permitir que o cidadão possa ser alertado de um perigo e uma ameaça e, principalmente, ser orientado para as ações de autoproteção, que é a principal metodologia de prevenção de desastres”, disse durante o lançamento da nova plataforma neste quarta (29/06).

De acordo com dados do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), o Brasil possui 165 milhões de usuários de WhatsApp, que, segundo o diretor de políticas públicas para o WhatsApp Brasil, Dario Durigan “já é usado de uma maneira orgânica e intuitiva para esse fim”.

Como vai funcionar

Para ter acesso ao serviço, será necessário fazer um cadastro, a partir da disponibilização de um número, link ou código, e, em seguida, interagir com o chatbot. Em seguida, o usuário poderá compartilhar a localização atual ou qualquer outra que tiver interesse e, a partir daí, receber os alertas para aquela região, além de dicas de autoproteção, melhores rotas de evacuação no caso de um desastre, e até alertas ativos em outros estados do Brasil.

A população já recebe alertas da Defesa Civil por meio de SMS, Telegram, TV por assinatura e, também, pelo Google. A ampliação desse serviço, segundo os desenvolvedores, permitirá que milhões de brasileiros tenham acesso aos alertas e medidas de autoproteção em situações de emergência. A ferramenta será alimentada por estados e municípios com tecnologia e capacidade de emissão de alertas risco.

Alerta por SMS em BH 
Em Belo Horizonte, moradores atualmente podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos por SMS. 

Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP da sua rua para o número 40199 e uma mensagem de confirmação será enviada na sequência. O serviço não tem custo. A plataforma tem cerca de 10 milhões de usuários cadastrados.

A população também pode acompanhar os alertas e as recomendações da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil por meio do Instagram, Twitter, Facebook e pelo canal público do Telegram no endereço: defesacivilbh.

 

*Por Portal Hoje em Dia

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.