Brasil tem estoque de diesel para mais 38 dias, diz governo federal

 358 Visualizações

O Ministério de Minas e Energia (MME) informou, nesta sexta-feira (27), que o estoque de diesel e a produção interna são suficientes para abastecer o país por 38 dias, caso o fornecimento fosse interrompido imediatamente. 

A informação foi divulgada depois que vazou o conteúdo de uma carta do presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, endereçada à pasta e à Agência Nacional do Petróleo (ANP). O documento, revelado pelo Valor, alerta para risco de desabastecimento do combustível e diz que o estoque é o mais baixo desde 2018 no mercado dos Estados Unidos e dos últimos 10 anos na Europa e em Singapura. 

Segundo o comunicado assinado por Coelho, a pressão sobre o mercado do diesel tende a aumentar, sobretudo por uma eventual elevação sazonal da demanda, da menor disponibilidade do diesel para exportação na Rússia e até de indisponibilidades em refinarias dos Estados Unidos devido a temporadas de furacões a partir do mês que vem. 

O MME dissse que “está atento ao abastecimento nacional de combustíveis desde o início da guerra entre Ucrânia e Rússia e que os estoques de óleo diesel S10 somados com a produção nacional garantem o  suprimento do mercado nacional por 38 dias”.

A pasta disse que tem adotado medidas “imediatas” para intensificar o monitoramento da logística e oferta de combustíveis e que a disponibilidade do estoque do diesel aumentou 26% – havia chegado a 30 dias. 

“O Ministério de Minas e Energia segue atento aos movimentos do mercado doméstico e internacional, mantendo o monitoramento de forma intensa e constante para adotar medidas tempestivas em conjunto com os demais órgãos governamentais nas esferas das suas respectivas competências, conforme a evolução do cenário”, diz a nota.

Fonte: Rádio Itatiaia

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.