Coreia do Norte registra 50 mortes pela Covid-19 após surto de casos da doença no país

 362 Visualizações

Líder Kim Jong-Un busca apoio de militares para solucionar a falta de medicamentos contra a “febre”.

Após mais de dois anos de pandemia, a Coreia do Norte atingiu, nesta segunda-feira (16/05), 50 mortes provocadas pela infecção da Covid-19. Segundo a Korean Central News Agency (KCNA), agência oficial de notícias do país, o líder Kim Jong-Un tem mobilizado militares para solucionar a falta de medicamentos no objetivo de combater a “febre”.

De acordo com informações repassadas pela agência, a alta cúpula da Coreia do Norte realizou uma reunião de emergência nesse domingo (15/05) para avaliar o surto do novo coronavírus no território, especialmente na capital Pyongyang. 

As farmácias devem permanecer abertas 24 horas por dia para atender a população, já que o país não possui vacinas contra a doença, testagens em massa e medicamentos antivirais.

Números da pandemia na Coreia do Norte

Conforme a KCNA, além dos 50 óbitos, mais de 1.213.550 pessoas estão com “febre” e outras 564.860 estão se recuperando da covid.

*Por Rádio Itatiaia

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.