Cruzeiro volta às oitavas de final da Copa do Brasil pela primeira vez após rebaixamento em 2019

 281 Visualizações

O Cruzeiro está de volta às oitavas de final da Copa do Brasil. Depois de dois anos caindo nessa fase do torneio, o time celeste garantiu a classificação após bater o Remo, nos pênaltis, por 5 a 4. No tempo normal, a Raposa venceu por 1 a 0, quebrando um jejum de quase 43 anos sem derrotar a equipe paraense. Desde que foi rebaixado no Campeonato Brasileiro, em 2019, o time celeste não conseguia avançar para às oitavas. 

Em 2020, ano seguinte ao rebaixamento celeste, o Cruzeiro foi eliminado da Copa do Brasil também na terceira fase. Naquele ano, o time celeste caiu sem ter vencido nenhuma partida. Na primeira fase, a Raposa passou com um empate em 2 a 2 com o São Raimundo-RR, se aproveitando da vantagem de visitante. Na fase seguinte, o Cruzeiro empatou novamente, dessa vez com o Boa Esporte, em 1 a 1. A classificação veio nos pênaltis, por 5 a 4. 

Na terceira fase do torneio de 2020, o Cruzeiro foi eliminado pelo CRB. No jogo de ida, no Mineirão, a equipe mineira perdeu por 2 a 0, com dois gols de Léo Gamalho. O resultado aconteceu dias antes da demissão do técnico Adilson Batista. A partida de volta só ocorreu cinco meses, já que o futebol ficou paralisado por conta da pandemia. Dessa vez com Enderson Moreira, o Cruzeiro ficou no empate em 1 a 1 e deu adeus à competição. 

No ano seguinte, o Cruzeiro também deixou a Copa do Brasil na terceira fase. Na primeira rodada, o time celeste pegou novamente o São Raimundo-RR e avançou com um empate em 1 a 1. Depois, a Raposa encarou o América-RN e venceu por 1 a 0, com gol de Matheus Barbosa.

A eliminação viria na rodada seguinte ao cair para a Juazeirense-BA. Na partida de ida, o Cruzeiro venceu por 1 a 0, com gol de Bruno José, no Mineirão. No jogo de volta, a Juazeirense devolveu o placar e levou a decisão para os pênaltis. Melhor para o time da Bahia, que venceu por 3 a 2. A eliminação culminou na demissão do técnico Felipe Conceição. 

O Cruzeiro é o maior campeão da Copa do Brasil, com seis títulos. A equipe celeste venceu o torneio em 1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018. 

Fonte: Hoje Em Dia

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.