FCCDA divulga ações em comemoração aos 120 anos de Drummond, estreia hoje “Projeto Saberes”

 405 Visualizações

Em 2022, se estivesse vivo, o escritor Carlos Drummond de Andrade completaria 120 anos. Com isso, para comemorar essa data e saudar o nascimento do itabirano mais ilustre, a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) preparou uma série de atividades culturais que serão realizadas ao longo de todo o ano.

A instituição contará com um cronograma fixo anual com atividades voltadas exclusivamente para a obra drummondiana com a finalidade de promover a vivencia dos itabiranos à obra do autor.

O projeto de difusão da obra drummondiana levará para o circuito das cidades histórias mineiras e para capital Belo Horizonte a kombi poética e os integrantes do programa sociocultural Drummonzinhos. Os itabiranos também poderão desfrutar da kombi poética ao longo do ano em diversos pontos da cidade com a finalidade de propagar a obra drummondiana de forma lúdica e acessível.

Já o projeto “Café poético ou cachaça, torresmo e poesia”, será realizado na Casa de Drummond, entre os meses de abril e outubro, e será aberto a todo público.

O “Saberes” reunirá escritores e pesquisadores para um bate-papo sobre as histórias e curiosidades acerca dos livros de Drummond e suas respectivas contribuições para a literatura contemporânea. O projeto objetiva promover a interlocução e troca de experiências, visando universalizar e democratizar a obra do autor.

Além disso, será retomado o passeio “Entrevias poéticas”, que conta a história de Itabira, utilizando elementos da obra de Carlos Drummond de Andrade pelos “Caminhos Drummondianos”.

O superintendente da FCCDA explica que: “serão promovidas discussões políticas e sociais, intercalando com o contexto da época em que as obras foram escritas até as suas influências atuais”, afirma.

Alcântara complementa que “a finalidade desse cronograma é fazer com que a experiência possa preparar os itabiranos para o turismo cultural, fazendo com que entendam a importância de Drummond para a cidade e possam, a partir daí, gerar emprego e renda”.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.