Prefeitura de Itabira entrega obra da rua Waldemar Alvarenga Lage

 795 Visualizações

No final desta sexta-feira (08/04), o prefeito Marco Antônio Lage, acompanhado dos secretários municipais Geraldo Torres (Governo), Danilo Alvarenga (Obras) e Amílson Nunes (Itaurb), esteve na rua Tabelião Waldemar Alvarenga Lage, no bairro Água Fresca, para conferir a conclusão das obras estruturais e conversar com os moradores.

Durante a visita, o prefeito verificou a via, conversou com moradores e, também, foi abordado por comerciantes, que elogiaram as obras, principalmente as etapas de drenagem e esgoto. “Essa obra é uma reivindicação antiga e o prefeito Marco Antônio está de parabéns. Ele fez a rede pluvial, a de esgoto e consertou o asfalto que estava sempre estragado. Hoje eu creio que [a reivindicação] está concretizada”, declarou João Paulo, morador do Água Fresca há 38 anos.

As obras na rua Tabelião Waldemar Alvarenga Lage foram iniciadas no final do ano passado, mas, devido aos problemas técnicos encontrados, além das fortes chuvas, superaram o prazo estabelecido inicialmente. De acordo com o prefeito, os trabalhos realizados na via são definitivos.

“É uma alegria muito grande entregar as obras concluídas para a comunidade do Água Fresca e todo mundo que usa esta rua. Foi uma obra que se estendeu um pouco mais porque havia um problema crônico de muitos anos, e, com as chuvas, atrasaram ainda mais, trazendo transtornos para a comunidade. Mas, hoje, felizmente, encontrei com vários moradores felizes porque receberam uma obra de qualidade, de excelência e definitiva”, garantiu Marco Antônio.

O prefeito ressaltou ainda que Itabira tem cerca de 40 quilômetros de ruas com problemas crônicos nas redes de água e esgoto. “E a obra na [rua] Waldemar Alvarenga Lage é um exemplo de sucesso para a Prefeitura solucionar os problemas em outras vias”.

Projeto executado

Para resolver uma demanda de aproximadamente 40 anos, a Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Trânsito (SMOTT) e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), substituiu todo o sistema de drenagem e esgotamento sanitário, antes de asfaltar a via.

“Essa obra é muito importante para a população, pois trata-se de uma via fundamental para a mobilidade urbana, já que liga a cidade à uma região em expansão. É um local de trânsito intenso e era um problema de muitos anos: sistema de drenagem que nunca foi resolvido, redes de água e esgoto antigas. Inicialmente, o escopo da obra era apenas recapeamento, mas com a existência de outros problemas, foi feito todo um estudo para resolver, definitivamente, essas questões”, esclareceu Danilo Alvarenga.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.