Policial penal reage a tentativa de assalto e prende dois em Contagem: ‘Mão na cabeça’ 

 456 Visualizações

Policial penal surpreendeu criminosos em Contagem

Um policial penal reagiu a uma tentativa de assalto e conseguiu prender dois criminosos na noite dessa segunda-feira (14), no bairro Sapucaias 3, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Toda ação foi gravada por câmeras de segurança. “Mão na cabeça. Os dois! De joelhos”, ordena o policial. 

Conforme informações apuradas pela Itatiaia, a dupla viu que o homem estacionava o carro na garagem de casa e fez a abordagem. No entanto, o policial penal, que pertence a um grupo especializado em intervenções de risco, já tinha percebido a movimentação estranha e conseguiu surpreender os criminosos sem disparar um tiro sequer. Ele acionou a Polícia Militar (PM) e a dupla foi detida. Em entrevista à Itatiaia, ele disse que começou a monitorar os criminosos antes da abordagem feita pela dupla. 

“Percebi que eles pararam no portão do meu vizinho e ficaram como se estivessem chamando alguém, batendo campainha. Foi um momento  em que eu desci do meu veículo, já dentro da garagem, saquei o meu armamento e já fui andando em direção ao meu portão, para que eu pudesse fechar. Foi o momento em que eles chegaram no meu portão já com o simulacro de arma de fogo nas mãos. Efetuei a abordagem e a gente consegui fazer essa prisão”, disse o policial, que destacou ter surpreendido os assaltantes. 

“O fator surpresa, que é o que eles querem fazer de forma geral com o cidadão comum, eles perderam no momento em que eu os surpreendi. Quando eles chegam na beirada do meu portão eu já estou com o meu armamento na mão. Eles, então, perdem o fator surpresa, que passa a ser meu. Graças a Deus, não foi necessário efetuar nenhum disparo. Ninguém foi alvejado, porque, de forma geral, eles foram bem cooperativos aos comandos”, disse.

O policial ainda fez um apelo para que os criminosos permaneçam presos, uma vez que o maior de idade foi solto há dois meses do presídio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Grande BH. “A gente precisa que pessoas como essas não estejam soltas”.  

Fonte: Rádio Itatiaia 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.