Nivaldo Ferreira dos Santos: Renovação nas entidades comunitárias de Itabira

 575 Visualizações

Nos últimos meses a diretoria e o Conselho Fiscal da Interassociação dos Amigos dos Bairros de Itabira, entidade que congrega as associações de moradores dos bairros e das comunidades rurais de Itabira, têm se empenhado em corrigir uma das principais dificuldades no funcionamento das entidades comunitárias: a existência de diretorias com mandatos vencidos e a necessidade de realizar eleições e atualizar corretamente as documentações junto ao Cartório de Registro das Pessoas Jurídicas de Itabira e também junto à Receita Federal do Brasil.

Como exemplo, citamos as eleições realizadas no mês de fevereiro de 2022: no dia 13 foram realizadas duas eleições para renovação de diretorias de associações de moradores, uma no bairro Major Lage de Cima e a outra no bairro Nova Vista; e no dia 20 foi realizada a eleição da nova diretoria da associação dos moradores do bairro Jardim dos Ipês. Em todos esses três casos a posse das novas diretorias foi realizada logo após a conclusão da votação.

É importante ressaltar que a eleição e a posse de uma nova diretoria são somente o início do trabalho em uma associação de moradores, uma vez que cada diretoria deve providenciar o registro das atas e outros documentos relacionados à eleição e também manter contato com as pessoas que cada entidade representa para levantar as necessidades de cada comunidade e projetos que a entidade possa desenvolver junto aos moradores, além de manter contato com as autoridades, com outras organizações da sociedade civil, com os conselhos municipais e com pessoas e empresas que estejam dispostas a firmar parcerias para o desenvolvimento de bons projetos.

É necessário também  que cada diretor ou liderança da comunidade procure se preparar para realizar da melhor forma os seus trabalhos, seja fazendo cursos de capacitação ou mantendo contato com outras entidades e organizações que possam compartilhar experiências e propiciar algum tipo de apoio para os projetos a serem realizados pela associação.

Outra coisa importante é buscar formas de obter recursos financeiros, apoio material, ações de voluntariado e outras maneiras de garantir o funcionamento correto de cada entidade e a manutenção das suas atividades – na maioria das vezes as diretorias recorrem a doações e/ou promoções que resultem na arrecadação de recursos financeiros e materiais, mas há também casos em que entidades se organizam para a realização de projetos que possam gerar renda para a entidade, aluguel de suas estruturas ou a realização de projetos em parceria com empresas ou outras organizações que possam destinar parte dos seus resultados para ajudar no custeio das ativades da entidade.

Desejamos que as novas diretorias consigam cumprir bem o seu papel junto à comunidade e junto às autoridades e aos potenciais parceiros, de forma a alcançar a melhoria da qualidade de vida tão desejada por todos.

Para saber mais sobre o que acontece nas associações de moradores de Itabira, fica a dica: entrem em contato com a Interassociação dos Amigos dos Bairros de Itabira através do telefone (31)3834-0874, de segunda a quinta entre 13 hs e 17 hs… Infomem-se e participem!

SAÚDE MENTAL

A questão da saúde mental passou a ser uma das principais preocupações do dia a dia de muitas pessoas e famílias, pirnicipalmente nestes tempos de pandemia da COVID-19… E em Itabira será realizada a 1ª Conferência Municipal de Saúde Mental – o encontro acontecerá no dia 11 de março, das 8h às 17h, no auditório da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi), e abordará o tema “A Política de Saúde Mental como Direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”. O objetivo é avaliar o que já foi executado e traçar o que é necessário para a melhoria dos serviços prestados com relação à saúde mental.

Em preparação para a conferência municipal, no período de 9 a 24 de fevereiro foram realizadas as pré-conferências, nas quais foram levantados questionamentos e propostas relativos ao tema. Além disso, foram eleitos os delegados que representarão a comunidade na I Conferência Municipal de Saúde Mental – para saber mais a esse respeito basta entrar em contato com os integrantes do Conselho Municipal de Saúde ou com a Secretaria Municipal de Saúde.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, por meio de parceria entre as secretarias de Educação e Meio Ambiente, vai incluir a “Educação Ambiental” na grade curricular das escolas municipais. Num primeiro momento, a nova disciplina será implantada nas três escolas de tempo integral do município, do 1º ao 5º ano, com aulas semanais e práticas de campo, que incluirão visitas ao Viveiro Municipal, Aterro Sanitário e demais equipamentos de Meio Ambiente de São Gonçalo. Segundo a prefeitura, haverá nas escolas um processo de triagem do lixo reciclável e cada escola receberá recursos provenientes da venda desse material para desenvolver projetos ambientais com os alunos.

Nossos leitores querem saber: Isso acontecerá em Itabira também? Já tem alguma previsão a respeito?

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.