Secretaria de Esporte abre inscrições para o 1° Festival Itabirano de Tênis de Mesa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 548 Visualizações

Com a proposta de apresentar e incentivar a prática da modalidade em Itabira, a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude abre na próxima segunda-feira (10/01) as inscrições para o 1° Festival Itabirano de Tênis de Mesa. Até o dia 20 de janeiro, crianças e adolescentes com idades de 8 a 16 anos poderão se inscrever na própria secretaria, por meio do telefone (31) 3839- 2202.

O festival inclui quatro aulas ministradas pelo professor Luiz Carlos de Souza, com número limitado de participantes. As aulas começam no dia 22 de janeiro no Poliesportivo, respeitando todos os protocolos sanitários de proteção à Covid-19: uso obrigatório de máscara, álcool em gel e distanciamento social. De acordo com a secretária de Esporte, Lazer e Juventude, Natália Lacerda, as aulas são uma oportunidade para apresentar a modalidade para os jovens.

“A prática do tênis de mesa, nesse formato, com um profissional reconhecido em Itabira amplia os olhares das crianças e adolescentes para praticarem modalidades diversas. Além disso, temos como objetivo oferecer a vivência de uma modalidade diferente daquelas normalmente praticadas. Esse é um fator de motivação e desperta o exercício tanto para o lazer quanto para o melhoramento técnico para competição”, destacou Natália Lacerda.

Ainda, segundo a secretária, após o festival, será avaliada a repercussão e engajamento na modalidade para discutir a possibilidade de incluí-la nos projetos da pasta.

O professor Luiz Carlos de Souza afirma que as expectativas são as melhores possíveis para o festival. “A gente espera preencher as vagas para aguardar a chegada com o coração aberto e mãos afiadas. Quero passar um pouco da minha experiência para os que estão chegando”, completou.

Ele conta que o tênis de mesa é um esporte para todos , a única exigência para a prática é alcançar a mesa. “É uma modalidade que vem crescendo mundialmente e Itabira não pode ficar para trás. Resgatar esse esporte aqui na cidade é muito importante”, ressaltou o professor.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *