Porta-voz da PM ratifica que disparo que matou menino de 8 anos foi dado por criminoso

 586 Visualizações

O porta voz da Polícia Militar (PM), tenente-coronel Flávio Santiago, ratificou nesta sexta-feira a versão de que o menino Bernardo, de 8 anos, que morreu nesta madrugada no Hospital Municipal de Contagem, na Grande BH, foi atingido por um disparo de um dos dois suspeitos envolvidos na ocorrência. Conforme a PM, da dupla fugia de uma blitz. Flávio Santiago cita o depoimento de uma tia de Bernardo que teria visto o suspeito atirando.

Bernardo foi foi baleado na tarde dessa quinta-feira (23), na rua do Registro, quando seguia para uma festa em uma igreja ao lado da avó de uma irmã de dois anos e de um casal de primos, 13 e 12 anos.

Os suspeitos foram presos, mas até agora não se sabe o motivo deles terem fugido da polícia, já que o carro estava regular e nada de ilícito foi encontrado com eles. Nem a arma de fogo usada para atingir a criança. 

Fonte: Rádio Itatiaia

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.