Prefeitura de João Monlevade entra no páreo para sediar fábrica da cervejaria Heineken

 592 Visualizações

A Prefeitura de João Monlevade entrou na disputa para sediar a fábrica da cervejaria Heineken, após a empresa desistir da instalação na cidade de Pedro Leopoldo. O interesse já foi formalizado e, para reforçar a disposição da cidade em receber o empreendimento, a administração municipal também tenta intermediar a instalação da cervejaria em contato direto com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI) e CEOs da empresa no Brasil e em Amsterdã, na Holanda, via internet.

“Além de apresentar as potencialidades para a instalação da cervejaria em João Monlevade, estamos em contato direto com o INDI para colocar o município na rota de possíveis investimentos”, explicou o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Fabrício Lopes (Avante).

O prefeito Dr. Laércio Ribeiro ressaltou que a disputa pela fábrica da Heineken está acirrada, entre alguns municípios mineiros, que também formalizaram documentação visando a instalação da cervejaria. No entanto, o chefe do Executivo argumenta que João Monlevade possui recursos hídricos abundantes, o que é um diferencial em relação às outras cidades que também pleiteiam a fábrica. “Temos também uma posição privilegiada que permite ótima logística, com acesso a duas das principais rodovias do país, a BR 262 e a BR 381, extremamente importantes para escoamento da produção para as regiões Nordeste e Sudeste, além do acesso à ferrovia”, enfatizou Dr. Laércio.

A perspectiva de investimento para instalação da nova fábrica da Heineken em alguma cidade mineira é de R$ 1,8 bilhão. A produção atenderia a demanda de consumo da região sudeste. Caso aprovado o projeto para João Monlevade, a economia local teria um salto, com a qualificação de mão de obra, além da criação de centenas de novos postos de trabalho.

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.