Vereador Júber Madeira quer volta da distribuição de uniformes na rede Municipal de Itabira

 659 Visualizações

O líder de governo e vereador Júber Madeira Gomes (PSDB) planeja indicação na reunião de hoje (21/12) da Câmara, para que a prefeitura volte a distribuir gratuitamente uniformes para todos os estudantes da rede pública municipal de ensino. Apesar de fazer o pedido, em forma de indicação, o governista disse que já negociou a proposta com a equipe do prefeito Marco Antônio Lage (PSB), que já estaria trabalhando para viabilizar o projeto.

A indicação não poderia ser apresentada em forma de projeto de lei na Câmara, porque os vereadores são proibidos de propor iniciativas que gerem custos para a prefeitura – exceto com emenda à lei Orçamentária Anual e ao orçamento municipal. No entanto, para garantir que a indicação fosse atendida, o vereador afirma que negociou antecipadamente com o prefeito, que se comprometeu a viabilizar a distribuição dos uniformes.

“Eu acredito que a atividade legislativa precisa atuar dessa maneira, com diálogo com as partes interessadas no momento da execução de um projeto. Por isso, eu procurei antecipadamente o prefeito Marco Antônio Lage e apresentei a ele essa demanda. Muito sensível às questões sociais da nossa cidade, o prefeito abraçou a ideia de imediato”, garantiu Júber Madeira, que é líder do governo Marco Antônio no legislativo.

No passado, a prefeitura já distribuiu esses uniformes gratuitamente. “acredito que já tenha mais de 10 anos que isso não acontece na cidade. Hoje, os uniformes são vendidos por um valor simbólico, mas nós sabemos que, mesmo pequeno, o valor pesa no bolso de quem depende de muito pouco para sustentar sua família”, destacou o vereador .

A população mais pobre é o público alvo da proposta de Júber Madeira. “Estamos vivendo uma situação econômica extremamente delicada e com mais de 4,5 mil famílias vivendo, em Itabira, em situação de pobreza ou extrema pobreza, como já foi demonstrado pela Secretaria de Assistência social. Qualquer valor para essas pessoas, por menor que seja, já faz uma grande diferença”, enfatizou.

A proposta é que a distribuição seja realizada no ano que vem. “Ainda não temos como precisar a data que distribuição ocorrerá porque ela carece de um processo licitatório, que pode ser demorado. Por isso, talvez não seja possível a distribuição já no início do ano letivo de 2022. Estamos trabalhando com a possibilidade mais segura de que possamos distribuir os uniformes em meados de 2022”, completou o vereador.

A distribuição dos uniformes, segundo Júber Madeira, pode contribuir até para a redução da evasão escolar. “Precisamos garantir que o nosso estudante, que a nossa criança, tenha as condições adequadas para seu aprendizado. E isso inclui a possibilidade de se vestir adequadamente, de ter um uniforme para que possa frequentar a escola. Uma criança sem o uniforme adequado pode não se sentir motivada o suficiente para estar em sala de aula, não aprender o suficiente, ou pior, deixar a escola por causa disso”, enfatizou.

LEIA MAIS

Comentários 1

  1. Maria Eva says:

    O uniforme nunca deveria ter saído das escolas públicas e deveria ser doado pela prefeitura ,em vista que tem muitas crianças carentes e uma diferença enorme entre as crianças com roupas normais, sendo que o uniforme as tornaram iguais sua ideia é genial juber, e espero que seja colocada em prática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.